sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima salva 22 crianças entre 52 pessoas num bote a afundar

A Polícia Marítima portuguesa salvou 22 crianças que se encontravam num bote prestes a afundar, a meio da travessia entre a Turquia e a Grécia, onde se encontravam dezenas de pessoas em pânico.

© Giorgos Moutafis / Reuters

A operação de salvamento, hoje anunciada por esta polícia, ocorreu na sexta-feira quando a patrulha detetou um bote "coberto de água", com dezenas de emigrantes e refugiados a necessitar de socorro.

De acordo com a mesma fonte, os ocupantes da embarcação encontravam-se "totalmente molhados e prestes a entrar em hipotermia", face às baixas temperaturas na região da ilha de Lesbos.

"Do bote, em grandes dificuldades, foram resgatados 52 emigrantes, dos quais 22 bebés e crianças, sete mulheres e 23 homens", afirma a Polícia Marítima, indicando que uma mulher tinha uma perna partida e um idoso tinha mobilidade reduzida.

O primeiro apoio foi prestado no barco de transporte até ao porto de Skala SiKaminea, com mantas térmicas. No porto encontravam-se várias organizações e médicos que ajudaram no desembarque e assistência.

A Polícia Marítima encontra-se em Lesbos desde 01 de outubro, integrada na missão "Poseidon Rapid Intervention".

Até agora, a equipa resgatou mais de 2.153 pessoas que corriam risco de vida, sendo 527 bebés e crianças.

A PM vai manter o apoio à guarda costeira grega integrada na missão Frontex até 30 de setembro.

Lusaresgat

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07