sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Menores estrangeiros continuam sem acompanhamento na "selva" de Calais

A situação dos menores estrangeiros não acompanhados que vivem no bairro designado por "selva" de Calais continua por resolver, dois meses depois de o Estado francês ter recebido ordem para os identificar e monitorizar.

Campo de refugiados de Calais, no norte de França.

Campo de refugiados de Calais, no norte de França.

© Pascal Rossignol / Reuters

A informação consta de um comunicado conjunto da UNICEF-França, da organização Médicos do Mundo e da Caritas Francesa, segundo o qual, há dois meses, o Conselho de Estado ordenou ao Estado francês que, num prazo de 48 horas, identificasse - entre os milhares de migrantes e refugiados instalados no bairro - os menores estrangeiros não acompanhados e os reinstalasse, por motivos de proteção.

De acordo com as organizações humanitárias, "verifica-se que a proteção ainda não está implementada", com as crianças desacompanhadas a viver em condições de saúde muito precárias e a ser regularmente vítimas de violência.

Para as três entidades, há "falhas óbvias na proteção infantil e na vigilância da saúde", devendo o Estado francês agir com a maior urgência no sentido de reinstalar os menores.

Perante o quadro que diz encontrar em Calais, a UNICEF-França lançou um estudo - que será conduzido durante seis meses naquele espaço e nos territórios vizinhos do norte pela associação Trajectoires, em parceria com a UNICEF-Reino Unido e o apoio da Fundação EDF (empresa de eletricidade francesa) - para avaliar a situação e os desafios dos diferentes grupos de crianças desacompanhadas.

Um primeiro relatório deverá estar pronto no início de março, segundo as organizações, que se afirmam também preocupadas com as condições gerais de saúde em Calais e exigem, pelo menos, a aplicação de um plano de vacinação, nomeadamente tendo em conta o ressurgimento do sarampo, "que continua a ser uma doença potencialmente grave para pessoas a viver na pobreza".

As três entidades terminam a nota de imprensa lembrando ao Estado as suas funções em matéria de acolhimento e exigindo medidas de proteção claras para os menores estrangeiros não acompanhados que estão em centros de acolhimento e de orientação ou centros de atendimento provisório, bem como no resto do bairro, "onde cerca de uma centena de crianças desacompanhadas foram já identificadas".

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.