sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Equipa de refugiados vai estar presente nos Jogos Olímpicos

Um equipa de refugiados vai participar nos Jogos Olímpicos 2016, no Rio de Janeiro.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O anúncio foi feito pelo Presidente do Comité Olímpico internacional durante uma visita a um campo de refugiados na Grécia.

A equipa será constituída entre cinco a dez pessoas que vão desfilar em penúltimo lugar na cerimónia de abertura de 5 de agosto. Entre os atletas há uma nadadora síria que treina na Alemanha, um judoca da República Democrática do Congo refugiado no Brasil e uma praticante iraniana de taekwondo que se encontra na Bélgica.

Para Thomas Bach esta é a oportunidade de enviar uma mensagem de esperança e confiança aos cerca de 60 milhões de refugiados por todo o mundo. o O percurso da tocha olímpica que deve ser acesa em abril, vai passar pelo campo de Eléonas, nos arredores de Atenas, sendo transportada por um refugiado.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.