sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Novo naufrágio no Mar Egeu causa 33 mortos, incluindo 5 crianças

Um novo balanço oficial sobre o naufrágio de uma embarcação de migrantes hoje ao largo da costa turca dá conta de 33 mortos, noticiou a agência noticiosa Anatólia. O balanço anterior dava conta de 10 mortos e de mais de uma dezena de desaparecidos, apesar de as autoridades da Guarda Costeira turca terem conseguido resgatar das águas 43 sobreviventes.

© Yannis Behrakis / Reuters (Arquivo)

As vítimas, entre elas dois bebés e pelos menos mais três outras crianças, são maioritariamente da Síria e Afeganistão, mas também oriundas da distante Birmânia, acrescenta a Anatólia.

O naufrágio da frágil embarcação deu-se no Mar Egeu, quando os migrantes tentavam sair da Turquia com destino à ilha grega de Lesbos.

A Guarda Costeira turca ainda está a tentar determinar quantos migrantes seguiam a bordo da embarcação.

Na quinta-feira, 24 migrantes, entre eles 10 crianças, entre sírios e afegãos, morreram também num naufrágio ao largo da ilha grega de Samos.

Dados do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), desde o início deste mês que já chegaram à Europa via Mar Mediterrâneo 46.240 migrantes - 44.040 chegaram à Grécia e 2.200 a Itália.

A grande maioria, 84%, são refugiados, cidadãos que países em conflito.

Mais de 230 pessoas já morreram no mar ou são consideradas desaparecidas desde o início deste mês.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".