sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgata mais de 2 mil pessoas do mediterrâneo em quatro meses

A Polícia Marítima resgatou mais de 2.200 migrantes, nos quatro meses de missão na ilha grega de Lesbos, tendo colaborado não só em missões de busca e salvamento, mas também de detenção de alegados traficantes de pessoas.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Yannis Behrakis / Reuters

Em comunicado, a Polícia Marítima (PM) dá conta de que, entre 01 de outubro de 2015 e 31 de janeiro de 2016, resgatou 2.273 migrantes das águas do Mediterrâneo, entre as quais 574 bebés e crianças e 471 mulheres.

De acordo com a PM, que está em missão na Grécia ao abrigo da operação Poseidon Rapid Intervention, as pessoas foram resgatadas no decorrer de 59 missões de busca e salvamento, tendo sido também recuperados cinco corpos.

Foi necessário prestar os primeiros socorros a 16 pessoas, tendo sido administrado oxigénio e, em quatro casos, aplicadas manobras de suporte básico de vida.

Além das pessoas resgatadas, a PM conseguiu também deter quatro pessoas, alegadamente, por tráfico de seres humanos.

"Todos os elementos da equipa possuem formação em Suporte Básico de Vida e Oxigenoterapia e têm a bordo equipamentos de oxigenoterapia e de monitorização dos valores de oxigénio no sangue e dos batimentos cardíacos. São a única equipa a possuir esta capacidade dentro das equipas congéneres que atuam neste momento na Ilha de Lesbos", lê-se no comunicado.

Acrescenta que esta particularidade revelou-se fundamental na reanimação de um homem que sofreu um ataque cardíaco a bordo, de duas mulheres e de duas crianças.

O trabalho da Polícia Marítima foi reconhecido através de um louvor público da Guarda-Costeira grega, a 16 de outubro, por ter ajudado na detenção de um "facilitador já referenciado e considerado perigoso, perseguido pelas autoridades gregas há mais de dois meses".

Mais recentemente, a 03 de dezembro, a equipa da PM recebeu a embarcação ARADE para reforço das capacidades operacionais, "garantido a existência de meios em caso de necessidade ou durante o período de manutenção da embarcação TEJO".

Além disso, e desde o dia 04 de janeiro de 2016, a equipa de seis elementos foi reforçada com mais um agente.

"A PM vai manter o seu apoio à Guarda-costeira grega, com o objetivo de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016", conclui.

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.