sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Turquia pronta a abrir fronteiras para acolher dezenas de milhares de sírios

A Turquia anunciou que está pronta para abrir as fronteiras às dezenas de milhares de sírios que continuavam este domingo à espera, depois de terem fugido da ofensiva do Exército do regime apoiado pela aviação russa.

A Turquia já acolhe cerca de 2,7 milhões de refugiados sírios.

A Turquia já acolhe cerca de 2,7 milhões de refugiados sírios.

© Osman Orsal / Reuters

À espera de uma decisão de Ancara, a situação humanitária é cada vez mais "desesperante" para os civis, principalmente mulheres e crianças, que se deslocam para o norte da Síria, segundo os Médicos Sem Fronteiras (MSF).

Se os sírios empurrados para o êxodo "estão às nossas portas e não têm outra escolha, nós devemos deixar entrar os nossos irmãos e é o que vamos fazer", declarou no sábado o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, aos jornalistas.

Contudo, Erdogan não precisou quando é que os sírios poderiam entrar na Turquia, numa altura em que os principais postos fronteiriços, incluindo o de Oncupinar, se mantinham hoje fechados, segundo constatou um jornalista da AFP.

A Europa recordou Ancara do dever, à luz do direito internacional, de acolher os milhares de refugiados sírios bloqueados na fronteira sírio-turca depois de terem fugido da ofensiva do Exército do regime apoiado pela aviação russa.

"A Convenção de Genebra, que estipula que é preciso acolher os refugiados, é sempre válida", declarou o comissário para o Alargamento, Johannes Hahn, quando chegava no sábado para uma reunião da União Europeia (UE) em Amesterdão.

O comissário falava depois de ser questionado sobre o facto de a Turquia ter fechado o posto fronteiriço de Oncupinar (denominado Bab al-Salama do lado sírio), a sul da cidade turca de Kilis, onde não foi autorizada qualquer entrada ou saída do território turco na sexta-feira.

A Turquia já acolhe cerca de 2,7 milhões de refugiados sírios.

Mais de 30.000 pessoas juntaram-se nos últimos dias nos arredores da cidade de Azaz, a cinco quilómetros da fronteira com a Turquia, afirmou no sábado o governador da província fronteiriça turca, Suleyman Tapsiz, precisando que esta vaga pode atingir um total de 70.000 refugiados.

Estes civis estão forçados a viver ao frio e em condições precárias, nos campos de refugiados instalados à pressa, designadamente em torno da localidade de Bab al-Salama.

"A situação é desesperada na região de Azaz" devido à ausência de abrigos, de água e de equipamentos sanitários, indicou o chefe da missão dos MSF na Síria, Muskilda Zancada.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscosa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.