sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

França e Alemanha entram em acordo sobre refugiados e Brexit

O presidente francês e a chanceler alemã mantiveram hoje um encontro informal, ao jantar, em Estrasburgo, durante o qual concordaram numa "linha comum" sobre a crise dos refugiados e o 'Brexit' britânico, disseram fontes da presidência francesa.

© POOL New / Reuters

O jantar, a convite do presidente do Parlamento Europeu (PE), Martin Schulz, foi antecidido de um encontro de hora e meia entre François Hollande e Angela Merkel.

Os dois responsáveis abordaram a situação na Síria, em particular em Aleppo, onde está em curso uma ofensiva das tropas do regime de Damasco, manifestando "uma forte preocupação partilhada", disseram as mesmas fontes.

Hollande e Merkel "estão completamente de acordo" sobre os meios de reabsorver o fluxo de refugiados e na prioridade da aplicação do plano de ação europeu.

Sobre o dossier 'Brexit' (a eventual saída do Reino Unido da União Europeia), François Hollande e Angela Merkel chegaram a "um entendimento comum sobre o projeto de acordo com o Reino Unido na perspetiva do próximo Conselho Europeu", a 18 e 19 deste mês, para evitar a saída deste país da UE, de acordo com fontes da presidência francesa.

Os dois líderes debateram também "as crises" europeias e o crescimento do populismo na Europa, de acordo com fontes do gabinte do presidente do PE.

Hollande, Merkel e Schulz jantaram num restaurante típico de Estrasburgo, situado a algumas centenas de metros da catedral, nas margens do rio Ill.

O encontro decorreu à porta fechada, alguns dias antes da cimeira europeia em Bruxelas, e não fizeram qualquer declaração à entrada ou à saída.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras