sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Cerca de 80 mil refugiados chegaram à Europa desde início do ano

Cerca de 80 mil migrantes chegaram à Europa desde o início do ano através do Mediterrâneo e 400 morreram na travessia, informou hoje a ONU.

A Alemanha e a Suécia são os dois principais recetores de migrantes.

A Alemanha e a Suécia são os dois principais recetores de migrantes.

© Fabrizio Bensch / Reuters

"Apesar do mar revolto, do inverno rigoroso e dos sofrimentos que enfrentam ao chegar, cerca de 2 mil pessoas por dia continuam a arriscar as suas vidas e a dos seus filhos para tentarem chegar à Europa", segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Em seis semanas registaram-se mais chegadas que nos primeiros quatro meses de 2015 e 58% dos que chegaram este ano são mulheres e crianças. Um de cada três migrantes chegados em 2016 à Grécia foram crianças, quando em setembro de 2015 eram uma em cada dez pessoas.

Numa conferência de imprensa, Vicent Cochetel, do ACNUR, lamentou que o programa de repartição de refugiados entre os países da União Europeia não esteja a funcionar.

"O plano é relocalizar 160 mil refugiados no prazo de dois anos e neste momento não está a funcionar, mas não é por isto que devemos acabar com ele. Não temos um plano B", explicou.

Cochetel considerou que a questão é que o problema recai sobre uns quantos países aos quais os migrantes se dirigem, enquanto o resto do espaço comunitário praticamente não é afetado e não se sente suficientemente envolvido.

A Alemanha e a Suécia são os dois principais recetores de migrantes e a Itália, mas sobretudo a Grécia, são os locais de desembarque.

O responsável do ACNUR instou a que sejam oferecidas aos refugiados vias legais para chegarem à Europa, para que não continuem a colocar as vidas nas mãos de traficantes.

Lusa

  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00