sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Bulgária autoriza presença militar na fronteira com Turquia para conter pressão migratória

O parlamento búlgaro aprovou hoje por unanimidade uma reforma legal que permite a presença de tropas na fronteira com a Turquia para enfrentar a pressão migratória.

(Arquivo/AP)

(Arquivo/AP)

BULENT KILIC

A medida, proposta pelo primeiro-ministro conservador Boiko Borisov, permite aos militares patrulhar as zonas fronteiriças em conjunto com a polícia de fronteiras.

Segundo a reforma, o Governo deverá ordenar o envio dos soldados quando considerar que se perspetiva uma eventual vaga migratória, com o ministério da Defesa a decidir o número de soldados que deverão ser deslocados.

O ministro da Defesa búlgaro, Nikolai Nenchev, declarou alguns dias antes da votação que os planos preveem a deslocação de três ou quatro batalhões de infantaria, num total entre 2.100 e 2.800 soldados.

Em simultâneo, recordou que o exército búlgaro já participa desde abril em operações conjuntas com a polícia para a proteção das fronteiras, mas limitadas ao âmbito logístico.

A reforma da lei também prevê que o ministério da Defesa búlgaro defina as regras sobre o uso da força pelos soldados.

Desde o início de 2014 que o país balcânico está a construir uma vedação ao longo da fronteira com a Turquia, num investimento de 32 milhões de euros.

A Bulgária partilha com a Turquia uma fronteira de 259 quilómetros, na sua maioria em zonas de bosque e campo e até ao momento já ergueu uma cerca com 70 quilómetros, aguardando-se que construa outros 90 quilómetros em 2016, segundo as projeções oficiais.

Em 2015 cerca de 30.000 pessoas, na maioria provenientes do Médio Oriente, entraram na Bulgária, e 5.500 garantiram asilo.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.