sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Vídeo da ONU lembra aos checos que já foram refugiados

Um vídeo colocado no YouTube pela agência da ONU para os refugiados lembra à República Checa, um dos países europeus mais reticentes a acolher refugiados, que num passado recente os seus próprios cidadãos estiveram numa situação semelhante.

UNHCRCentralEurope

UNHCRCentralEurope

O curto vídeo, de 1:10 minutos e intitulado "República Checa: Antes éramos nós os refugiados" ("Czech Republic. We Were the Refugees Once"), retrata a espetacular fuga de um pai e do filho pequeno que em 1988 atravessaram a fronteira entre a Checoslováquia e a Áustria numa asa delta com motor.

O vídeo do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) foi visto por mais de 7.300 pessoas em menos de dois dias, mas suscitou críticas no espaço de comentários do YouTube por internautas que o consideraram "um insulto" ou "propaganda neomarxista".

Durante o regime comunista checoslovaco (1948-1989), cerca de 220.000 pessoas emigraram ilegalmente do país.

A percentagem de estrangeiros na República Checa era, em 2014, de 4,2% da população, abaixo da média da União Europeia (6,7%).

A maioria dos estrangeiros no país é de nacionalidade ucraniana ou de outros países da UE, muitos deles da Eslováquia, que se separou da República Checa em 1993.

Na atual crise migratória, a República Checa é um dos países que têm manifestado fortes reservas ao acolhimento de refugiados, por serem maioritariamente muçulmanos.

O presidente checo, Milos Zeman, afirmou no discurso de Natal que a Europa enfrenta "uma invasão organizada" e criticou os jovens sírios e iraquianos que viajam sem família para a Europa por não "pegarem em armas" para libertarem a pátria.

Em 2015, Praga apenas concedeu o estatuto de refugiado a 70 dos 1.400 pedidos que recebeu.

Lusa

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.