sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima detém na Grécia "facilitador" de entrada de migrantes

A Polícia Marítima portuguesa deteve hoje de madrugada, na ilha grega de Lesbos, um homem turco por suspeitas de facilitar a passagem de migrantes e refugiados para a Europa durante uma patrulha de controlo de fronteiras.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Yannis Behrakis / Reuters

A informação foi avançada hoje em comunicado pela Polícia Marítima, que adianta que a detenção do "facilitador", de nacionalidade turca, aconteceu pela 01:00 (hora local) durante uma patrulha de controlo de fronteiras.

Desde 01 de outubro que a Polícia Marítima integra a missão da agência europeia Frontex, responsável pela proteção das fronteiras externas da União Europeia, e que neste caso específico combate traficantes que exploram os migrantes e refugiados que procuram refúgio na Europa.

Lusa

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.