sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Catarina Martins diz que a maior crise atual na Europa é a humanitária

A deputada do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou hoje que a maior crise que se vive atualmente na União Europeia é "humanitária" e mostrou "preocupação" face à cimeira União Europeia-Turquia sobre os refugiados, que se inicia na segunda-feira.

NUNO ANDR\303\211 FERREIRA

"A maior crise que a União Europeia vive neste momento é, sem dúvida, a crise humanitária e a resposta tem de ser uma resposta de direitos", salientou a líder do Bloco de Esquerda, no encerramento de um debate sobre o tema "Feminismo contra a guerra".

Para Catariana Martins, a cimeira europeia com a Turquia deve ser olhada "com preocupação" devido às "ambiguidades" turcas, desde "a forma violenta como [o regime] reprime as manifestações pela liberdade de expressão" aos ataques contra os curdos.

"O maior perigo desta cimeira entre a União Europeia e a Turquia é que não sirva para resolver absolutamente nada, mas apenas para piorar tudo, com a União Europeia a pagar à Turquia para ter lá os refugiados, para não deixar as pessoas passar, não resolvendo nem o problema da guerra nem o dos migrantes", preveniu, apelando a uma posição clara de Portugal no sentido de "afirmar a urgência" da abertura de fronteiras terrestres.

"Temos de garantir segurança a quem foge: passagem segura, direitos humanos, reagrupamento de famílias. Estas devem ser as três questões centrais que Portugal tem de pôr em cima da mesa nesta cimeira", instou a dirigente do Bloco.

A sessão de hoje, onde participou igualmente a eurodeputada Marisa Matias, serviu para antecipar as celebrações do Dia Internacional da Mulher, que se assinala na terça-feira, chamando a atenção para a violência de género.

"De há uns tempos para cá, nas celebrações do Dia da Mulher, vemos mais vezes oferecer flores às mulheres do que se falar das lutas. É bom lembrar que o Dia da Mulher é um dia de luta, e não um dia para reafirmar estereótipos", lembrou Catarina Martins.

A deputada do BE destacou ainda que a violência de género "está presente nas guerras de que fogem os migrantes", mas também quando chegam à Europa.

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.