sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgata mais 264 migrantes no mar Egeu

A equipa portuguesa da Polícia Marítima (PM) que está em missão na Grécia resgatou e apoiou 264 pessoas no mar Egeu nos últimos dois dias, informou hoje a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Arquivo

Arquivo

© Dimitris Michalakis / Reuters

A equipa, que se encontra na ilha de Lesbos desde 01 de outubro para apoiar a guarda costeira grega (integrada na operação Poseidon Rapid Intervention) fez quatro missões de busca e salvamento em três patrulhas, resgatando 93 crianças, 72 mulheres e 99 homens, especificou a AMN em comunicado.

Os migrantes e refugiados estavam em embarcações com os motores avariados e tinham sido deixados à deriva entre a Turquia e a Grécia por "facilitadores".

Na madrugada de domingo foram feitas duas missões de busca e salvamento, tendo a equipa resgatado na primeira missão 58 pessoas, que viajavam num bote com o motor avariado e que se estava a afundar. De acordo com o comunicado o mar estava muito agitado e um dos ocupantes do bote estava em hipotermia.

As 58 pessoas foram transportadas para a embarcação da PM Arade.

Numa segunda missão foram resgatadas mais 37 pessoas, que viajavam numa embarcação de fibra "muito frágil" e que corria o risco de se virar e afundar.

Esta madrugada a equipa da PM encontrou uma lancha de fibra com 112 migrantes a bordo e que tinham sido abandonados à deriva pelos facilitadores de imigração. Segundo ainda o comunicado 85 migrantes foram levados para um navio patrulha da guarda-costeira grega e os restantes para o Arade.

Até agora a PM já resgatou na região 2.794 migrantes "que corriam risco de vida", dos quais 742 bebés e crianças.

A equipa da PM vai continuar a apoiar a guarda costeira grega até 30 de setembro. O objetivo é cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço.

Lusa