sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

John Kerry confiante sobre as conversações de paz na Síria

O secretário de Estado norte-americano John Kerry disse hoje que representantes dos Estados Unidos e da Rússia discutem neste sábado as violações do cessar-fogo na Síria, mas mostra-se convencido de que as conversações de paz se mantêm.

© Max Rossi / Reuters

"As nossas equipas vão encontrar-se hoje com a delegação da Rússia em Genebra e em Amã, onde vão analisar as alegações [sobre as violações do cessar-fogo], e eu estou a pedir um contacto com o ministro dos Negócios Estrangeiros [da Rússia] Sergei Lavrov ainda para hoje", disse Kerry, referindo-se às denúncias da oposição síria sobre a falta de respeito pelas tréguas que entraram em vigor no final de fevereiro.

O secretário de Estado norte-americano encontra-se de visita a King Khalid Military City, na Arábia Saudita, onde acompanha o processo sírio, visto que a próxima ronda de contactos em Genebra está agendada para segunda-feira.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres, os raides aéreos da aviação de Damasco mataram sete civis em Alepo, na sexta-feira.

De acordo com a organização não-governamental, tratou-se da "mais séria violação do cessar-fogo na cidade desde a entrada em vigor das tréguas entre a oposição e o Governo".

Mesmo assim, Kerry, que abordou a questão síria com o rei Salman da Arábia Saudita, está convencido de que as violações ao cessar-fogo firmado a 27 de fevereiro não devem anular as conversações de paz marcadas para o dia 14 de março e que vão ser conduzidas pelas Nações Unidas, em Genebra.

"O nível de violência, de acordo com todos os dados, reduziu 80 ou 90 por cento o que é muito significativo", afirmou Kerry.

"Nós acreditamos que o início das conversações, na próxima semana, em Genebra, representa o momento crítico para a promoção de uma resposta política no contexto das negociações. É um momento que todos esperamos", acrescentou.

Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir sublinhou que "as pessoas encaram o futuro da Síria sem o presidente Bashar al-Assad".

O afastamento do presidente sírio tem sido abordado de forma constante pela oposição, mas Damasco já deixou claro que rejeita discutir o assunto.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Síria disse hoje em Damasco que as pressões para o afastamento do presidente Bashar al-Assada continuam a ser uma "linha vermelha" que pode comprometer as conversações de Genebra.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21