sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal e República Checa discutiram crise dos refugiados em Praga

A secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, fez hoje um balanço "muito positivo" da visita de três dias que realizou à República Checa, destacando a questão dos refugiados entre as matérias discutidas com membros do Governo checo.

Arquivo

Arquivo

Sergey Ponomarev

"Recebemos o reconhecimento por parte da República Checa pela posição que Portugal tem na procura de uma solução europeia para o problema dos refugiados e, também, o apreço pela oferta que Portugal fez de poder receber um número mais alargado de refugiados", afirmou à agência Lusa Margarida Marques.

A visita teve início a 10 de março e terminou hoje, tendo permitido que a secretária de Estado portuguesa mantivesse encontros bilaterais com diversos membros do Governo checo, como o ministro responsável pelos Assuntos Europeus e pelo Comércio Externo, bem como o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros daquele país.

"A República Checa preside atualmente ao Grupo de Visegrado (Eslováquia, Hungria, Polónia e República Checa) e temos tido ao longo deste tempo no Conselho de Assuntos Gerais da União Europeia posições, nalguns casos, conjuntas. E é um país que tem similitudes com Portugal no contexto europeu", destacou a governante, apontando para a importância que a questão dos refugiados tem para os países daquela região.

A delegação portuguesa aproveitou a oportunidade para realizar durante a manhã deste último dia de visita um encontro com os embaixadores de Portugal nos países do Centro e Leste da Europa (República Checa, Eslováquia, Hungria, Polónia, Bulgária, Sérvia, Roménia, Croácia e Ucrânia), que decorreu na embaixada de Portugal na capital checa, Praga.

"A reunião com os embaixadores teve fundamentalmente como objetivo discutir estratégias regionais de estreita colaboração entre todos, a nível político, cultural e comercial, e também no que se refere às relações com as comunidades portuguesas nestes países", resumiu Margarida Marques.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC