sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Chefes de Estado da UE reúnem-se para chegar a acordo sobre crise migratória

Os chefes de estado e de governo da União Europeia reuném-se, amanhã e sexta-feira em Bruxelas, para tentar chegar a acordo sobre o projeto de gestão dos migrantes com a Turquia.

Arquivo

Arquivo

© Dimitris Michalakis / Reuters

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, defendeu hoje a necessidade de usar o fortalecimento das relações entre a União Europeia (UE) e a Turquia para apoiar as negociações de um acordo sobre o Chipre.

Na carta enviada aos líderes europeus para os convidar para a cimeira de quinta e sexta-feira, em Bruxelas, Tusk indicou a sua convicção, no âmbito do fortalecimento das relações europeias-turcas, "que vai além da migração", que surja também a "oportunidade de apoiar as negociações de acordo no Chipre".

"Só se isso for possível, podemos avançar" no processo de adesão da Turquia ao espaço comunitário, indicou.

Em causa está um diferendo, que dura há décadas, sobre a ocupação turca de parte da ilha cipriota.

Na carta, Tusk recordou as novas propostas turcas recebidas a 07 de março, durante a segunda reunião UE-Turquia e que foi mandatado para preparar um acordo.

"O objetivo é claro: um acordo aceitável para todos os 28 Estados-Membros, bem como para os nossos parceiros turcos. O trabalho está a progredir, mas ainda há muito a fazer", alertou.

Um esboço do acordo comum UE-Turquia foi entregue aos embaixadores para avançar nas discussões sobre como "abordar as preocupações" levantadas na semana passada.

"É longa a lista de assuntos a resolver antes de podermos concluir um acordo. Uma prioridade absoluta e garantir que as nossas decisões respeitam as leis internacionais e da UE", escreveu Tusk, que alertou para a necessidade de prevenir novas rotas de migração ilegal entre a Turquia e o espaço comunitário.

Os líderes terão ainda de analisar o apoio à Grécia, com a execução na prática de um novo mecanismo de regressos, o pagamento de verbas do pacote de 3 mil milhões de euros para apoio a refugiados na Turquia e o mecanismo voluntário de acolhimento de requerentes de asilo.

O debate sobre a cooperação com Ancara acontecerá num jantar de trabalho na quinta-feira, enquanto para sexta-feira de manhã está previsto um encontro com o primeiro-ministro turco.

Com Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.