sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

ACNUR diz que "hotspots" na Grécia se tornaram "centros de detenção"

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) lamentou hoje que os "hotspots" de acolhimento de migrantes na Grécia se tenham tornado em "centros de detenção" após o acordo entre a União Europeia e Turquia e decidiu abandonar parcialmente os locais onde presta assistência.

Centro de registo de refugiados na ilha de Lesbos, Grécia.

Centro de registo de refugiados na ilha de Lesbos, Grécia.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

"O ACNUR tem apoiado as autoridades nos 'hotspots' nas ilhas gregas, onde os migrantes são recebidos, assistidos e registados", explicou, num comunicado, a agência da ONU.

No entanto, acrescenta-se no documento, face às novas disposições, na sequência do acordo entre a UE e a Turquia, esses locais de acolhimento acabaram por tornar-se em "instalações de detenção".

"Em consequência, e conforme a nossa política, que se opõe à detenção obrigatória, suspendemos várias das nossas atividades em todos os centros fechados existentes nas ilhas gregas", escreve o ACNUR.

Entre as atividades em causa, o ACNUR suspendeu o transporte dos migrantes para os centros, apesar de manter os serviços de informação e de vigilância para assegurar que os direitos dos refugiados são respeitados.

Por outro lado, o pessoal do ACNUR continuará a estar presente no litoral e nos portos gregos para apoiar os migrantes e para os transportar, em caso de necessidade, para os hospitais locais.

O ACNUR manifestou-se "preocupado" se o acordo entre Bruxelas e Ancara for para a frente antes de a Grécia conseguir obter garantias para assegurar as necessidades básicas dos migrantes.

"Atualmente, a Grécia não tem capacidade suficiente nas ilhas para permitir uma boa avaliação dos que pedirem asilo, nem as condições adequadas para acolher as pessoas decentemente", refere-se no documento.

O acordo assinado sexta-feira em Bruxelas prevê o reenvio sistemático para os locais de partida de todos os migrantes que, chegados à Grécia depois de 20 de março, vejam o pedido de asilo recusado.

Por cada cidadão sírio reenviado para a Turquia, um outro da mesma nacionalidade será reinstalado na UE, até se atingir um total de 72.000 migrantes.

Segundo as autoridades gregas, os migrantes permanecerão nas ilhas, onde se concentram em cinco "hotspots" existentes (campos de registo e de identificação), cuja capacidade deverá ser aumentada de 6.000 para 20.000 pessoas.

Segundo o ACNUR, desde o início do ano chagaram à Grécia 147.437 migrantes, 49% deles sírios.

Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC