sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal com 896 pedidos de asilo em 2015 e recusou cerca de 200

Portugal recebeu no ano passado 896 pedidos de asilo, mais do dobro do que em 2014, incluindo 47 menores desacompanhados, tendo recusado esse pedido a cerca de 200 pessoas, revelou hoje o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Antonio Parrinello / Reuters

De acordo com o SEF, em 2015 Portugal recebeu 896 pedidos de asilo, mais 102,7% do que em 2014, quando chegaram 442 pedidos.

Tanto num ano como noutro foi recusado o pedido a cerca de 200 pessoas, o que significa que em 2015 perto de 700 pessoas tiveram o pedido de asilo aceite, enquanto em 2014 foram à volta de 240.

"Os pedidos são recusados quando são infundados, isto é, quando os requerentes invocam questões que não são pertinentes ou que não têm relevância para preencher as condições para ser considerado refugiado ou beneficiário de proteção subsidiária", esclareceu o SEF.

No momento em que o pedido de asilo é recusado, os requerentes têm direito a impugnar a decisão junto dos tribunais administrativos, pedido que tem efeito suspensivo. Nesse sentido, as pessoas aguardam em território nacional, e ainda em situação regular, a decisão final judicial sobre o pedido.

"Quando a decisão não é impugnada, ou igualmente a decisão judicial lhes é desfavorável, são notificados para abandono voluntário de território nacional", adiantou o SEF.

O SEF diz também que passados 30 dias da apresentação do pedido de asilo é proferida uma primeira decisão que, no caso de ser positiva, faz com que o pedido seja objeto de instrução. Daqui até ser proferida decisão final, decorrem, em média, seis meses.

Dentro dos pedidos de asilo feitos em 2015 havia 47 menores não acompanhados, um número substancialmente superior aos 17 feitos em 2014.

Por outro lado, no ano passado 36 pessoas pediram que o pedido de asilo fosse estendido às suas famílias, enquanto em 2014 esse pedido foi feito por 26 requerentes.

Segundo o SEF, no ano passado, os pedidos de asilo foram sobretudo feitos por cidadãos oriundos da Ucrânia, Paquistão e China, enquanto em 2014, para além dos dois primeiros países, houve também muitos pedidos de cidadãos marroquinos.

Além disso, o SEF recebeu também no ano passado 45 pedidos de reinstalação, que foram todos aceites.

"Porém apenas chegaram a território nacional 39 pessoas. As restantes, por motivo de desistência, não viajaram", adiantou.

Lusa

  • Depois do Fogo
    23:30

    Reportagem Especial

    Foi o incêndio mais mortífero de que há memória. No dia 17 de junho, as chamas apanharam desprevenidos moradores de vários concelhos e fizeram pelo menos 64 mortos. O incêndio prolongou-se durante vários dias deixando um rasto de histórias de perda e de sobrevivência, mas também de solidariedade de um sem número de pessoas anónimas.

  • "A menina agora volta para casa. Nós não." 

    Foi o desabafo do Cesário que me fez escrever qualquer coisa sobre o que vivi na última semana. Eram dez e pouco da noite, tinha acabado a vigília de homenagem às vítimas em Figueiró dos Vinhos e ele ainda tinha na mão um balão branco que àquela hora já só estava meio cheio. Era o último dia de uma longa e dura jornada de trabalho e estávamos a arrumar as coisas para no dia seguinte regressarmos a Lisboa.

    Débora Henriques

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24

    País

    Pedrógão Grande fez reviver o drama vivido pelas gentes da Serra do Caldeirão no verão de 2012. Falta de bombeiros, moradores retirados à força, casas e floresta destruídas são semelhanças que encontram nestes dramas separados por cinco anos.

  • Novo avião da TAP com pintura retro
    0:36

    Economia

    O novo avião da TAP chama-se "Portugal", tem uma pintura retro e vai sobrevoar os céus do pais a partir desta segunda-feira. A companhia aérea explica que o nome e a pintura são uma forma de homenagear a ligação histórica entre a empresa e o país.