sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Alemanha deverá terminar em maio controlo nas fronteiras com Áustria

O ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, anunciou hoje, em Viena, que a Alemanha poderá eliminar em maio o controlo das fronteiras com a Áustria, introduzido em setembro por causa da crise de refugiados.

Migrantes atravessam a fronteira entre a Áustria e a Alemanha.

Migrantes atravessam a fronteira entre a Áustria e a Alemanha.

© Michaela Rehle / Reuters

Em entrevista à televisão pública austríaca ORF, o ministro alemão destacou que a chamada "rota dos Balcãs" fechou-se completamente, o que reduziu drasticamente o fluxo migratório.

"Segundo estimativas atuais, se os números se mantiverem tão baixos, não vamos prolongar os controlos fronteiriços além de 12 de maio", afirmou o ministro alemão.

A Alemanha controla a sua fronteira com a Áustria desde setembro de 2015 com o objetivo de fiscalizar o fluxo migratório dos milhares de refugiados provenientes do Médio Oriente.

Aquele controlo, que ocorreu em plena zona Schengen, espaço de livre circulação comunitária, provocou grandes esperas no trânsito entre ambos os países.

No início do ano, a Áustria decidiu definir um número máximo anual de 37.500 pessoas para acolhimento de refugiados, o que provocou o encerramento sucessivo de fronteiras ao longo da rota dos Balcãs.

Em março, chegaram apenas 20.000 refugiados à Alemanha, o número mais baixo desde o verão passado.

A Áustria recebeu o ano passado 90.000 refugiados, mais que a Alemanha, mas menos que a Suécia.

Na segunda-feira, entrou em vigor o acordo celebrado entre a União Europeia e a Turquia, que vai passar a receber refugiados e migrantes que chegam ilegalmente à Grécia.

Lusa

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC