sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

UE falha objetivo de recolocação de seis mil refugiados

A Comissão Europeia reconheceu hoje ter falhado o objetivo de recolocar pelo menos 6.000 refugiados até segunda-feira, tendo conseguido distribuir apenas 208 pessoas desde 16 de março, data do primeiro relatório, num total de 1.145.

© Marko Djurica / Reuters

Os números constam de uma atualização dos dados sobre recolocação e reinstalação de migrantes hoje divulgada, que indica que do total de 1.145 refugiados, 181 foram acolhidos em Portugal, 92 oriundos de campos de refugiados em Itália e 89 da Grécia.

O relatório aponta o facto de só na Grécia haver entre 35 a 40 mil pessoas elegíveis para recolocação e apela aos Estados-membros para aumentarem os esforços para ajudar a resolver esta situação, a que se soma a de Itália, onde os fluxos migratórios estão novamente a aumentar.

No que respeita à reinstalação de refugiados que estão em campos de refugiados fora da União Europeia -- nomeadamente Líbano, Jordânia e Turquia -- chegaram a 15 Estados-membros 5.677 pessoas desde 20 de julho, não tendo Portugal acolhido ainda nenhum dos 191 para os quais se disponibilizou.

Ao abrigo de um acordo celebrado a 18 de março com a Turquia, foi criado o chamado 'mecanismo de um por um', que prevê que a UE receba um sírio com estatuto de refugiado e devolva um imigrante irregular, já foram acolhidas 37 pessoas na Alemanha, 11 na Finlândia e 31 na Holanda.

Lusa

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Portugueses usam Facebook para marcar protestos contra incêndios

    País

    Os incêndios que têm acontecido este ano estão a causar revolta entre a população. Por essa razão, estão marcadas, através da rede social Facebook, várias manifestações para os próximos dias um pouco por todo o país. Os portugueses exigem a melhoria do sistema, para que as tragédias deste ano não se voltem a repetir.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • "Quem está no Governo tem sérias responsabilidades"
    1:07

    Opinião

    Pacheco Pereira aponta falhas do Estado, dos bombeiros e da Proteção Civil como causa dos incêndios que assolaram o país no passado domingo. O comentador da SIC considera que o Governo tem responsabilidade perante o que aconteceu.

  • Presidente das Indústrias de Madeira diz que fogos estão a afetar o setor
    0:39

    País

    A Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário desvaloriza que os industriais do setor possam comprar madeira mais barata, em resultado dos incêndios florestais. Em entrevista na SIC Notícias, o presidente da associação, Vítor Poças, considera que os fogos estão a prejudicar gravemente a indústria.