sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Papa chegou a Lesbos

O Papa Francisco já chegou à ilha de Lesbos, na Grécia, para uma visita de solidariedade para com os migrantes e os refugiados.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

© Alkis Konstantinidis / Reuter

© Alkis Konstantinidis / Reuter

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O chefe da Igreja Católica chegou ao aeroporto pouco depois das 8 da manhã. Foi recebido pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

Esta é também uma viagem ecuménica, que conta com o lider da Igreja Cristâ Ortodoxa e o Arcebispo de Atenas.

"É uma viagem um pouco diferente das outras. Uma viagem marcada pela tristeza, uma viagem triste", afirmou o papa durante o voo aos jornalistas. "Vamos testemunhar o pior desastre humanitário desde a Segunda Guerra Mundial. Vamos ver tantas pessoas que estão a sofrer, que estão a fugir e não sabem para onde".

"Também vamos a um cemitério, o mar. Tantas pessoas que nunca chegaram", afirmou ainda o papa Francisco.

Está prevista uma visita a um dos campos de refugaidos e a um centro de detenção. O Presidente da Grécia vai também acompanhar esta viagem.

Francisco tem apelado à Europa para não fechar as portas a quem fugiu da guerra e da miséria. Esta deslocação acontece numa altura em que há um aceso debate entre europeus sobre a política a adotar em relação ao fluxo de migrantes do Médio Oriente e de África, quando alguns países já ergueram barreiras nas fronteiras e rota dos Balcãs está encerrada, com as negociações em curso entre a Turquia e a União Europeia.

Última atualização às 9:20/Com Lusa

  • O último adeus às vítimas da tragédia de Vila Nova da Rainha
    1:37

    País

    As cerimónias fúnebres das oito vítimas mortais do incêndio na Associação de Vila Nova da Rainha realizaram-se esta terça-feira. Três delas ocorreram em simultâneo na povoação do concelho de Tondela que, no passado sábado, viu a tragédia bater-lhe à porta.

  • Fóssil humano mais antigo encontrado em Portugal entregue ao Museu de Arqueologia
    3:42

    País

    O mais antigo fóssil humano até hoje encontrado em Portugal, o "Crânio da Aroeira", foi entregue no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. Em 2014, o fóssil foi encontrado pela equipa do arqueólogo João Zilhão perto de Torres Novas e foi restaurado e estudado na Universidade Complutense de Madrid, durante dois anos e meio.

  • De "lambe rabos" a "labrego", a polémica entre Rodolfo Reis e Bruno de Carvalho
    1:30
  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14
  • Ambientalistas consideram insuficiente estratégia de Bruxelas para reduzir plástico
    2:07