sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal já recebeu 195 refugiados

Portugal recebeu até hoje 195 refugiados, nenhum dos quais sírio, anunciou o ministro dos Negócios Estrangeiros, que defendeu que o acordo entre a União Europeia e a Turquia permitiu "reduzir enormemente o fluxo" de entrada na Europa.

Arquivo

Arquivo

ANDRÉ KOSTERS / LUSA

O governante adiantou que a quota que cabe a Portugal é de 4.486, tendo o país manifestado disponibilidade para receber mais seis mil pessoas, ao abrigo de programas específicos de colocação no ensino superior, no ensino profissional ou a trabalhar no setor primário.

"Ao abrigo do processo de reinstalação, Portugal ainda não recebeu nenhum refugiado sírio", adiantou Santos Silva, numa audição na comissão parlamentar de Assuntos Europeus, que foi dominada pela crise dos refugiados.

Na resposta europeia à crise, o ministro disse que o problema "mais grave" é a "falta de solidariedade e de organização que a União tem apresentado", com alguns Estados a procurar "respostas unilaterais e a empurrar o problema para o quintal do vizinho".

Santos Silva repudiou estas respostas e garantiu que, para Portugal, "a linha vermelha é o respeito integral da lei e dos direitos das pessoas".

Sobre o acordo recém-firmado entre a União Europeia e a Turquia, o ministro explicou que "o que os europeus procuraram fazer foi estancar um fluxo, na grande maioria dos casos, dirigido por redes clandestinas de tráfico de pessoas, cuja dimensão estava a impedir a Europa de encontrar uma resposta à altura das suas responsabilidades".

Um objetivo que, "até ver, está a ser cumprido", já que o "fluxo se reduziu enormemente".

"A nossa expectativa é que o estancamento desse fluxo permita melhores condições para tratar do problema dos 160 mil refugiados, hoje, no continente grego e na Itália, que precisam de recolocação", declarou.

Portugal, continuou, tem uma "posição muito clara: há uma obrigação da UE ao abrigo do direito internacional e do sistema de asilo e das regras em vigor na União" de acolher pessoas em deslocação forçada por motivos ligados a violência.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.