sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Fundador de movimento alemão Pegida condenado por insultar refugiados

O fundador do movimento islamófobo alemão Pegida, Lutz Bachmann, foi esta terça-feira condenado a pagar uma coima de 9.600 euros por um tribunal de Dresden, no leste da Alemanha, por ter comparado os refugiados a "gado".

Crianças brincam na lama com um urso de peluche num campo de refugiados próximo de Idomeni, na Grécia, junto à fronteira com a Macedónia.

Crianças brincam na lama com um urso de peluche num campo de refugiados próximo de Idomeni, na Grécia, junto à fronteira com a Macedónia.

© Alexandros Avramidis / Reuter

Anteriormente condenado por roubo, violência e tráfico de cocaína, Lutz Bachmann, de 43 anos, foi considerado culpado de "incitação ao ódio" devido às afirmações que publicou em setembro de 2014 na sua página da rede social Facebook, em que descrevia os "refugiados de guerra" como "gado" e "ralé".

Os "Patriotas Europeus contra a Islamização do Ocidente" (Pegida) lançaram o seu movimento no outono de 2014 em Dresden.

Mas, depois de ter tentado implantar-se em toda a Alemanha e nos países vizinhos, o Pegida sofreu um revés, com a publicação pelo jornal Bild de fotos de Bachmann mascarado de Adolf Hitler, e com o colapso da sua liderança.

Apesar de um arranque no outono passado, o movimento não retomou as suas iniciativas de mobilização na rua e mantém-se sobretudo acantonada em Dresden, a capital do estado regional de Saxe, na ex-RDA, palco de muitos ataques aos refugiados.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.