sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima portuguesa resgata 2.952 migrantes em sete meses

A equipa da Polícia Marítima (PM) portuguesa, que se encontra na ilha grega de Lesbos, informou hoje ter resgatado em segurança e transportado para terra 2.952 imigrantes/refugiados, entre 01 de outubro de 2015 e 05 de maio.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Giorgos Moutafis / Reuters

Das 2.952 pessoas resgatadas, 806 eram bebés e crianças e 637 mulheres, refere a polícia em comunicado.

Há ainda a registar cinco pessoas recuperadas já mortas e cinco facilitadores detidos.

Integrada na missão da agência Frontex Poseidon Rapid Intervention, a colaborar no controlo de fronteiras da União Europeia, a equipa da PM realizou, em igual período, 71 missões de busca e salvamento, contabilizando 1.305 horas de navegação e 7.200 milhas náuticas efetuadas.

Durante o mesmo período, prestou apoio a 200 embarcações, assim como a mais de 10 mil imigrantes/refugiados.

Segundo a PM, a equipa portuguesa encontrou, na maioria das vezes, cenários de grande stress, botes e embarcações sobrelotadas, sem condições de navegabilidade e em perigo iminente de naufrágio.

"As pessoas resgatadas procuravam desesperadamente chegar à Grécia, mesmo sem quaisquer condições de segurança, muitas delas sem coletes salva-vidas, totalmente molhadas e correndo sérios riscos de entrada em hipotermia. Os casos mais graves são dos bebés e crianças cuja resistência ao frio é muito menor e a quem, a PM deu especial atenção", relata.

Entretanto, desde 28 de março encontra-se a operar em Molivos, uma Viatura de Vigilância Costeira (VVC), com o objetivo de reforçar a capacidade operacional da PM, ao garantir a vigilância costeira da área de operações em simultâneo e em coordenação com as embarcações Tejo e Arade. A VVC efetuou já 225 horas de missão e controlou mais de 380 alvos.

Este reforço, diz a PM, em muito tem contribuído para o sucesso no controlo da fronteira da União Europeia na zona da sua responsabilidade, constituindo-se como um elemento dissuasor para facilitadores que operam na área.

A equipa é composta por 11 agentes da PM, um técnico para o apoio e a manutenção das embarcações e um técnico para a manutenção da componente elétrica e eletrónica da VVC.

A PM portuguesa vai o seu apoio à guarda-costeira grega, com a finalidade de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço, integrada na missão da Frontex, até 30 de setembro de 2016.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.