sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima portuguesa resgata 2.952 migrantes em sete meses

A equipa da Polícia Marítima (PM) portuguesa, que se encontra na ilha grega de Lesbos, informou hoje ter resgatado em segurança e transportado para terra 2.952 imigrantes/refugiados, entre 01 de outubro de 2015 e 05 de maio.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Giorgos Moutafis / Reuters

Das 2.952 pessoas resgatadas, 806 eram bebés e crianças e 637 mulheres, refere a polícia em comunicado.

Há ainda a registar cinco pessoas recuperadas já mortas e cinco facilitadores detidos.

Integrada na missão da agência Frontex Poseidon Rapid Intervention, a colaborar no controlo de fronteiras da União Europeia, a equipa da PM realizou, em igual período, 71 missões de busca e salvamento, contabilizando 1.305 horas de navegação e 7.200 milhas náuticas efetuadas.

Durante o mesmo período, prestou apoio a 200 embarcações, assim como a mais de 10 mil imigrantes/refugiados.

Segundo a PM, a equipa portuguesa encontrou, na maioria das vezes, cenários de grande stress, botes e embarcações sobrelotadas, sem condições de navegabilidade e em perigo iminente de naufrágio.

"As pessoas resgatadas procuravam desesperadamente chegar à Grécia, mesmo sem quaisquer condições de segurança, muitas delas sem coletes salva-vidas, totalmente molhadas e correndo sérios riscos de entrada em hipotermia. Os casos mais graves são dos bebés e crianças cuja resistência ao frio é muito menor e a quem, a PM deu especial atenção", relata.

Entretanto, desde 28 de março encontra-se a operar em Molivos, uma Viatura de Vigilância Costeira (VVC), com o objetivo de reforçar a capacidade operacional da PM, ao garantir a vigilância costeira da área de operações em simultâneo e em coordenação com as embarcações Tejo e Arade. A VVC efetuou já 225 horas de missão e controlou mais de 380 alvos.

Este reforço, diz a PM, em muito tem contribuído para o sucesso no controlo da fronteira da União Europeia na zona da sua responsabilidade, constituindo-se como um elemento dissuasor para facilitadores que operam na área.

A equipa é composta por 11 agentes da PM, um técnico para o apoio e a manutenção das embarcações e um técnico para a manutenção da componente elétrica e eletrónica da VVC.

A PM portuguesa vai o seu apoio à guarda-costeira grega, com a finalidade de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço, integrada na missão da Frontex, até 30 de setembro de 2016.

Lusa

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.