sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 30 mil migrantes chegaram a Itália em 2016

A guarda costeira italiana coordenou as operações de salvamento de mais 1.800 migrantes, elevando para mais de 30.000 o total de resgatados no mar ou em embarcações precárias desde o início deste ano, anunciou hoje a marinha italiana.

© Tony Gentile / Reuters

Os migrantes foram salvos na quinta-feira do mar ao largo da Líbia, em dez operações envolvendo barcos operados pela marinha italiana, pela guarda costeira, pela polícia alfandegária, pela agência fronteiriça da União Europeia (UE) Frontex e pela ONG Médicos Sem Fronteiras.

As mais recentes chegadas elevam o número total de refugiados ou de outros migrantes entrados em portos italianos desde 01 de janeiro para mais de 30.000, ligeiramente acima do total de 2015 nesta altura do ano.

Qualquer aumento repentino nas chegadas de migrantes a Itália tende a desencadear o medo de que ocorra um aumento muito superior no verão, após o acordo entre a UE e a Turquia que reduziu drasticamente o número de requerentes de asilo que chegam às ilhas gregas.

Mas as autoridades governamentais italianas e as agências de ajuda dizem não haver, até agora, provas de que tal vá acontecer e apontam a existência de dificuldades logísticas para os migrantes atualmente na Turquia chegarem à Líbia.

A grande maioria dos migrantes que estão a usar a Líbia como saída para uma viagem com destino a Itália tem sido este ano, até agora, sobretudo proveniente da África subsaariana.

Alguns políticos italianos têm repetidas vezes expressado preocupação quanto à possibilidade de os migrantes atualmente na Líbia, estimados em um milhão, tentarem entrar na Europa por barco.

Mas especialistas líbios dizem que muitos destes migrantes trabalham na Líbia há anos, e que é improvável que embarquem numa viagem arriscada no Mediterrâneo, a não ser que a segurança ou a situação económica do país se deteriorem de forma acentuada.

Lusa

  • Trump eleito personalidade do ano pela revista Time

    Mundo

    O Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi eleito personalidade do ano pla revista Time. O título é atribuído pela publicação norte-americana há quase 90 anos para distinguir a figura que marcou o ano.

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.