sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 30 crianças sírias violadas em campo de refugiados turco

Mais de trinta crianças sírias, com idades entre os oito e os 12 anos, foram vítimas de abusos sexuais e violações por parte de um funcionário de um campo de refugiados na Turquia, noticia hoje o jornal BirGun.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Umit Bektas / Reuters

Os abusos prolongaram-se durante um período de três meses, no ano passado, no campo de refugiados turco de Nizip, na zona de Gaziantep, perto da fronteira com a Síria.

Fontes militares disseram ao jornal de Ancara que as suspeitas levaram os soldados a descobrir os factos que foram depois denunciados às autoridades judiciais, em setembro de 2015.

Altas patentes militares classificaram os acontecimentos como "um desastre" e responsabilizaram a Agência Estatal de Emergência (AFAD), que gere o campo, pelos abusos sexuais e violações dos menores.

Os militares começaram a suspeitar do comportamento do violador, identificado pelo jornal com as siglas E.E., porque levava crianças para zonas do campo que não estavam protegidas pelo sistema de videovigilância.

O homem, funcionário da limpeza do campo, confessou os abusos e violações, adiantando que oferecia às vítimas entre 45 cêntimos a um euro para manterem silêncio.

Apenas oito famílias denunciaram os abusos, sendo que, de acordo com o jornal, as restantes famílias mantiveram-se em silêncio por recearem represálias.

No acampamento, situado a 50 quilómetros da fronteira síria, encontram-se cerca de 14 mil pessoas que fugiram da guerra na Síria.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho