sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Grupo de 25 refugiados vindo da Grécia chega hoje a Lisboa

Um grupo de 25 refugiados recolocados em Portugal ao abrigo do programa da União Europeia chegam hoje a Lisboa, avançou à agência Lusa o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

© Marko Djurica / Reuters

Segundo o SEF, os 25 refugiados são sobretudo oriundos da Síria e do Iraque e estavam a aguardar recolocação no campo de refugiados da Grécia.

O SEF indica também que entre os refugiados há um cidadão do Iémen, estando a chegada prevista deste grupo ao aeroporto de Lisboa para o início da tarde.

O grupo de 25 refugiados, que vão ser acolhidos pela Plataforma de Apoio ao Refugiados (PAR), Conselho Português para os Refugiados (CPR) e Câmara Municipal de Lisboa (CML), é composto por cinco famílias.

Os 25 refugiados juntam-se aos 237 que Portugal recebeu, desde dezembro, ao abrigo do Programa de Relocalização de Refugiados da União Europeia. De acordo com o SEF, dos 237 refugiados acolhidos, 115 estavam em centros de acolhimento da Grécia e 122 de Itália.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras adiantou ainda que está prevista, para quarta-feira, a chegada a Lisboa de um outro grupo de 29 refugiados naturais da Eritreia e provenientes do centro de acolhimento de Itália.

Estes 29 refugiados vão ser acolhidos pelo CPR, PAR e Cruz Vermelha Portuguesa.

Segundo o Ministério da Administração Interna, está também previsto a chegada de mais refugiados para os dias 27 e 31 de maio e 1 de junho,

A primeira quota europeia atribuída a Portugal foi de cerca de 4.500 refugiados, tendo o país já manifestado a disponibilidade para acolher mais de cinco mil pessoas.


Lusa

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional.