sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Marinha italiana recupera 45 corpos de migrantes após naufrágio

A Marinha italiana informou hoje que recuperou 45 corpos de migrantes após o último naufrágio que ocorreu no Mediterrâneo, o terceiro em três dias, mas o número pode aumentar porque ainda há pessoas desaparecidas.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Handout . / Reuters

"O navio Vega resgatou 135 migrantes na carcaça de um barco. Quarenta e cinco corpos foram recuperados e as buscas prosseguem", referiu, na sua conta no Twitter, a Marinha italiana.

A nova tragédia ocorreu um dia depois de um outro naufrágio, que provocou entre 20 e 30 mortos, e dois dia depois de um outro no qual morreram cinco pessoas, elevando para mais de 70 o número de pessoas mortas nos últimos três dias.

Há dezenas de pessoas desaparecidas.

"Três naufrágios, em três dias, é preocupante. Agora estamos a ver chegar barcos de pesca em muito mau estado", afirmou Carlotta Sami, porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados.

Nos últimos cinco dias foram resgatados 12.000 migrantes.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40
  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.