sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 250 migrantes resgatados ao largo da ilha de Creta

Em desenvolvimento

Um barco que transportava centenas de pessoas naufragou hoje junto a Creta, a ilha mais a sul do arquipélago grego. Está em curso uma grande operação de resgate, anunciou a guarda-costeira da Grécia. Mais de 250 pessoas foram salvas.

Um porta-voz da polícia guarda-costeira disse que os sobreviventes foram resgatados por, pelo menos, quatro barcos que se encontravam na zona.

"A operação de resgate em curso está centrada a 75 milhas a sul da ilha de Creta e desconhece-se para já o número de migrantes em perigo", disse a mesma fonte.

A guarda-costeira tinha avançado anteriormente com a possibilidade de serem centenas os migrantes que se encontravam no barco que se virou.

A embarcação, de 25 metros de comprimento, foi avistado por um navio de passageiros que estava na zona e que deu o alerta, tendo depois a guarda-costeira enviado para o local dois barcos-patrulha, um avião e um helicóptero.

Em fuga da guerra, milhares de migrantes, a maioria sírios, enfrentam o mar em frágeis embarcações para fazer a curta mas perigosa travessia da Turquia para as ilhas gregas. Uma forma de alcançarem a Europa e escaparem à miséria.

Esta quarta-feira, Creta recebeu um grupo de 113 migrantes, a maioria afegãos. Desde o início da crise migratória, este foi o grupo mais numeroso a conseguir alcançar esta ilha grega.

As condições climatéricas mais favoráveis, bem como a acalmia do Mar Mediterrâneo, têm contribuído para que mais pessoas arrisquem também a travessia para Itália a partir da Líbia, onde domina o negócio de transporte marítimo ilegal.

Com Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.