sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Aldeia suíça preferiu pagar 260 mil euros a receber 10 refugiados

Uma das aldeias mais abastadas da Europa preferiu pagar 290 mil francos suíços (cerca de 263 mil euros), em vez de receber 10 refugiados. Os moradores de Oberwil-Lieli disseram que votaram não no referendo para aceitar os refugiados porque "eles não iam adaptar-se ali". A notícia aparece depois do Governo da Suíça anunciar um sistema de quotas que vem ao encontro da promessa de aceitar 50 mil migrantes no país.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Yannis Behrakis / Reuters

Ao rejeitar o plano do Governo, a vila - que conta com vários milionários entre uma população de 2 mil pessoas - lançou uma onda de choque por todo o país, com algumas pessoas a acusar os moradores da vila de racismo.

Os residentes têm agora de desembolsar 290 mil francos suíços como multa por recusar receber os refugiados.

"Nós não os queremos cá, é simples como isso", disse um dos moradores ao DailyMail.

"Nós trabalhamos muito durante toda a nossa vida e temos uma aldeia encantadora que não queremos estragar."

Acrescentaram ainda: "Nós não servimos para receber refugiados, eles nunca iriam adaptar-se".

Contudo, outro residente que falou ao DailyMail não tem a mesma opinião e confessou que era preciso ajudar quem mais precisasse.

Andreas Glarner, o "mayor" de Oberwil-Lieli, nega que tenha sido o racismo a motivar os votos dos residentes e diz que só não os aceitaram porque não lhes foi dito se os refugiados eram sírios ou "migrantes em busca de uma vida económica melhor".

"Sim, os refugiados sírios têm de ser ajudados, mas estão mais bem servidos se forem ajudados nos campos perto da sua casa", disse Andreas Glarner.

"O dinheiro pode ajudá-los, mas se os recebermos aqui isso vai enviar a mensagem errada."

"Outros migrantes vão arriscar as suas vidas a atravessar o oceano para vir para aqui."

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.