sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Hungria recusa receber migrantes da Áustria sob regras da UE

A Hungria recusou hoje aceitar de volta vários milhares de migrantes que a Áustria diz que devem ser reenviados segundo as regras da União Europeia (UE), acrescentando mais uma premissa para a tensão política entre os dois países.

© Leonhard Foeger / Reuters

"Está claro que a Hungria não pode aceitar esses migrantes", disse hoje o ministro da Defesa húngaro, Istvan Simicsko, numa conferência de imprensa conjunta, em Budapeste, com o seu homólogo austríaco, Peter Doskzil.

"Para que os pudéssemos receber teriam de ter iniciado a viagem a partir da Hungria. Mas atravessaram vários países antes de aqui chegarem. Não chegaram cá por magia. Passaram por muitos outros países primeiro", incluindo a Grécia, disse Simicsko.

Sob o muito criticado Tratado de Dublin, aprovado pela UE, os requerentes de asilo devem ser registados no primeiro país membro dos «28» a que chegarem. Vários países, porém, já suspenderam o reenvio para a Grécia.

A Áustria, onde cerca de 90.000 refugiados pediram asilo, a segunda maior média "per capita" na UE, defendeu que conta no país com milhares de migrantes que deveriam regressar à Hungria.

O ministro da Defesa austríaco indicou, por seu lado, que continuam a chegar diariamente à Áustria cerca de 150 refugiados provenientes da Hungria, onde a maioria é registada, depois de, a partir da Grécia, terem passado pela Macedónia, Bulgária e Sérvia.

Atualmente, a Áustria não está a reenviar para a Hungria qualquer refugiado, na sequência de uma decisão judicial austríaca, datada de setembro de 2015, que evitou que uma família afegã regressasse a território húngaro devido às "condições desumanas" aí existentes.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes