sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Bebé nasce no mar Mediterrâneo depois da marinha holandesa ter resgatado a mãe

Uma menina nasceu no Mediterrâneo a bordo de um navio holandês que salvou a sua mãe eritreia e 243 outros migrantes de uma embarcação em dificuldades, anunciou hoje o Ministério da Defesa holandês.

"A Gelila nasceu na quinta-feira a bordo da fragata Van Amstel. A sua mãe foi salva na quarta-feira a bordo de um navio a 80 milhas (150 quilómetros) a sudoeste da Grécia, com 244 pessoas a bordo", disse à agência francesa AFP Karen Loos-Galijns, porta-voz da marinha real holandesa.

A mãe decidiu chamar Gelila à bebé, que significa, segundo ela, "do oceano". "A criança é frágil, mas a mãe e o recém-nascido aguentaram bem", assegurou o ministério.

Identificados por um avião da patrulha marítima italiana, os 244 migrantes foram salvos por um navio holandês inserido no quadro da operação Triton da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex).

A marinha holandesa não precisou de onde é que o barco - que transportava 181 homens, 23 mulheres (das quais algumas estavam grávidas) e 40 crianças - tinha partido.

"A Van Amstel estava a caminho de Itália, onde o navio devia trazer de volta para terra firme 197 migrantes socorridos um dia antes a 75 milhas a sudoeste de Creta", e teve que mudar de rumo "a toda a velocidade", explicou o ministério.

No total, 441 pessoas foram assim levadas para Trapani, na Sicília, hoje de manhã.

Segundo o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), mais de 52.600 migrantes chegaram este ano pelo mar a Itália, uma média de mais de 300 por dia, que tende a aumentar este ano. Quase todos estes migrantes são naturais da África Ocidental ou do Corno de África e vêm através da Líbia.

Mais de 11% dos novos migrantes chegados são mulheres e muitas estão grávidas. Os navios de socorro que patrulham o mar entre a Líbia e a Itália registaram nos últimos anos cerca de meia-dúzia de nascimentos nas horas que se seguiram ao resgate da mãe.

Lusa

  • Portugal inicia preparação para o Mundial sem Cristiano Ronaldo

    Rumo ao Mundial 2018

    A seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018, que arranca em 14 de junho, na Rússia, com um treino na Cidade do Futebol, em Oeiras, numa sessão em que são esperadas algumas ausências. O capitão Cristiano Ronaldo, que vai disputar no sábado a final da Liga dos Campeões com o Real Madrid, é baixa certa no arranque dos trabalhos, mas não deve ser o único.

  • Hoje é notícia

    País

    Esta terça-feira realiza-se o funeral do antigo ministro António Arnaut na Figueira da Foz. Em Sintra está previsto o início do julgamento dos 17 agentes da PSP acusados de agredirem jovens da Cova da Moura, concelho da Amadora, no interior da esquadra de Alfragide. Em Oeiras, a seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20