sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal já recebeu cerca de 370 refugiados e balanço é muito positivo

O coordenador do Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) faz um balanço "muito positivo" do acolhimento destas pessoas em Portugal, que recebeu até agora cerca de 370 refugiados, número que vai aumentar até ao final deste mês.

Setembro 2015 - Manifestação de apoio aos refugiados em Lisboa.

Setembro 2015 - Manifestação de apoio aos refugiados em Lisboa.

© Hugo Correia / Reuters

"A PAR recebeu 125 pessoas, mas Portugal, no seu todo, já recebeu cerca de 370 pessoas, que estão acolhidas não só na PAR, mas também noutras instituições como a União das Misericórdias, a Cruz Vermelha, a Câmara de Lisboa ou o CPR [Centro de Acolhimento para Refugiados]", disse hoje Rui Marques à agência Lusa, dia em que se assinala o Dia Mundial do Refugiado.

O responsável tem a expetativa de que a PAR, direcionada para o acolhimento de crianças e respetivos familiares, "venha a ultrapassar as 200 pessoas" acolhidas até ao final de junho.

"Nos próximos dias vamos receber mais refugiados. Praticamente [em] todas as semanas que se seguem há já planeamento de receção de mais famílias de refugiados. Agora a cadência de chegada é semanal e tem corrido muitíssimo bem", sublinhou Rui Marques.

O coordenador da PAR conta que após meses em que o programa de recolocação de refugiados "não funcionou", a realidade atual é bem diferente, com uma inversão deste rumo, que se acentuou nas últimas semanas com a chegada de mais refugiados a Portugal

"O processo de acolhimento está a seguir em muito bom ritmo. O balanço de acolhimento de refugiados é muito positivo", frisou Rui Marques.

A PAR contempla mais de 320 organizações da sociedade civil, nomeadamente do setor social, empresas, fundações, universidades e autarquias.

"Esta rede de organizações foi capaz de montar um programa de acolhimento de refugiados, em particular dos refugiados mais vulneráveis, que são as crianças, e felizmente muitas delas estão acompanhadas pelas suas famílias. Por isso este programa chamou-se PAR famílias", referiu o coordenador desta Plataforma.

A PAR tinha inicialmente 704 lugares disponíveis para acolhimento de refugiados - que têm vindo a ser ocupados -, número que ainda está longe de ser atingido, mas a perspetiva é a de angariar mais instituições anfitriãs, além das 110 que já existem.

"Vamos lançar agora uma campanha para aumentar a capacidade de acolhimento com mais instituições anfitriãs", anunciou Rui Marques.

No Dia Mundial do Refugiado, o coordenador da PAR deixou o aviso de que, apesar de tudo, ainda há muito a fazer.

"Há muito a fazer no sentido de que Portugal tem de manter esta posição de acolhimento e de integração de refugiados. Tem de contribuir para que a resposta europeia seja solidária e eficaz, e precisa de continuar na interação no quadro da União Europeia a sensibilizar a opinião pública para uma cultura positiva face a este drama enorme dos refugiados", alertou Rui Marques.

A PAR também apoia crianças refugiadas no Líbano - com 225.000 euros - na sua escolarização e no apoio alimentar no período letivo.

Além disso, esta Plataforma tem uma intervenção ativa na Grécia, em particular na ilha de Lesbos e em Atenas, no apoio a vários campos refugiados, com a presença de sete voluntários em regime permanente em Lesbos e três em Atenas.

Outros dos objetivos desta plataforma continua a ser a sensibilização da opinião pública portuguesa para uma cultura de acolhimento e integração dos refugiados.

A PAR -- Plataforma de Apoio aos Refugiados surgiu para ajudar a minimizar o impacto da grave crise humanitária que se vive atualmente a nível mundial.

Lusa

  • Assinala-se hoje o dia mundial do refugiado

    Mundo

    Assinala-se hoje, dia 20 de junho, o dia mundial do refugiado. As Nações Unidas assinalam a data com o lançamento de uma campanha. "Estejam connosco", assim se chama a campanha que junta mais de 60 personalidades do mundo da música, do cinema e da televisão num apelo a que os países assumam responsabilidades nesta matéria. A ONU lança ainda uma petição para que os governos garantam segurança, educação e emprego aos quase 20 milhões de refugiados que existem em todo o mundo. O documento vai ser entregue a 19 de setembro, durante uma Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque. Portugal recebeu, até ao dia 16, quase 400 migrantes vindos da Grécia e da Itália.

  • Casal sírio vive com os sete filhos na Nazaré
    2:11

    Crise Migratória na Europa

    Portugal - que se mostrou disponível para receber cerca de 10 mil refugiados - acolhe neste momento cerca de 400. Na Nazaré, pai, mãe e sete filhos reconstroem os dias entre as memórias de um país em guerra. Uma família síria, que como tantas outras arriscaram a vida para ali estar. Pagaram quase quatro mil euros pela travessia muito arriscada de barco desde a Turquia até à Grécia, onde viram muitos morrer.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.