sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima envia nova equipa para a Grécia para ajudar os refugiados

Uma nova equipa da Polícia Marítima parte no domingo para a Grécia e leva na bagagem brinquedos para as crianças que chegam a Lesbos nas embarcações precárias que atravessam o Mediterrâneo.

As novas medidas implicam que só será concedido aos refugiados sírios um visto de residência de um ano e que já não podem reclamar o direito de reunião com as suas famílias na Alemanha. (Arquivo)

As novas medidas implicam que só será concedido aos refugiados sírios um visto de residência de um ano e que já não podem reclamar o direito de reunião com as suas famílias na Alemanha. (Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuters

A equipa portuguesa vai integrar a missão da agência Frontex naquela ilha grega, onde têm acorrido milhares de refugiados.

É composta por oito agentes da Polícia Marítima, um técnico para apoio e manutenção das embarcações e outro para a componente elétrica e eletrónica, de acordo com a informação hoje divulgada por aquela força.

A preparação para a viagem terminou na quarta-feira, depois de um treino operacional, exames médicos e aconselhamento psicológico.

A Viatura de Vigilância Costeira (VVC) da Polícia Marítima será usada para detetar, seguir e identificar embarcações, estando igualmente apetrechada para detetar pessoas em condições de visibilidade reduzida.

Esta embarcação opera em coordenação com as embarcações Tejo e Arade, "auxiliando no controlo de fronteiras da União Europeia e no apoio urgente de emigrantes e refugiados, em missões de busca e salvamento", segundo a mesma fonte.

Os agentes levam alguns peluches e outros brinquedos para oferecer às crianças que irão resgatar.

Desde 01 de outubro, data de início da missão, a Polícia Marítima resgatou e transportou para terra, em segurança, 3.105 refugiados e emigrantes que se encontravam em risco de vida, dos quais 823 bebés e crianças e 669 mulheres.

No âmbito destas operações foram detidos cinco "facilitadores" de transporte ilegal de pessoas.

A missão de apoio à Guarda Costeira grega vai manter-se até 30 de setembro, com o objetivo de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas da Grécia e no combate ao crime transfronteiriço.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.