sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Eurodeputado polaco paga multa por declarações racistas

Janusz Korwin-Mikkem, um deputado polaco de extrema-direita, foi hoje punido pelo Parlamento Europeu por declarações racistas. Korwin-Mikkem afirmou o mês passado que a chegada em massa de migrantes à Europa foi comparável a um "derrame de excrementos".

© Agencja Gazeta / Reuters

O eurodeputado, de 73 anos, terá de pagar uma multa de cerca de 3 mil euros e ficará suspenso da atividade parlamentar durante cinco dias em setembro, anunciou no hemiciclo o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

"Decidi impor uma punição a este deputado pela sua declaração inaceitável relativa a migrantes africanos" no passado dia 07 de junho, afirmou.

Tudo aconteceu durante um debate numa sessão plenária dedicada à crise migratória. Janusz Korwin-Mikke declarou que a Europa estava "inundada pelo derrame de excrementos africanos", pedindo para se "parar de dar subsídios" aos migrantes para "os forçar a trabalhar".

Já não é a primeira vez que o deputado faz declarações racistas. Em julho de 2014 já tinha suscitado a indignação, comparando os jovens desempregados a "negros", enquanto que em outubro de 2015 fez a saudação nazi no hemiciclo do parlamento europeu.

Com Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras