sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgata 31 refugiados do Mar Egeu

A equipa da Polícia Marítima (PM), em missão na ilha grega de Lesbos, resgatou 31 migrantes e refugiados do mar Egeu, numa altura em que se regista um aumento do fluxo migratório entre a Turquia e a Grécia.

No comunicado hoje divulgado, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) refere que o resgate dos 31 migrantes e refugiados, dois dos quais crianças e cinco mulheres, aconteceu na quarta-feira de manhã durante uma patrulha da equipa da PM, que está na Grécia no âmbito de uma missão da agência europeia Frontex.

A AMN adianta que os migrantes e refugiados, oriundos dos Camarões, Egipto, Mali, Marrocos, Palestina, República Dominicana, Senegal e Síria, queriam chegar a território europeu "a todo o custo e não entendiam que a equipa da PM os pretendia ajudar".

Segundo a AMN, os migrantes estavam "muito agitados, nervosos, pouco cooperantes e não obedeciam às ordens" da equipa de resgate portuguesa e colocavam "em risco de vida" um bebé com poucos meses, uma criança com 2 anos e uma mulher em final de gravidez.

Depois de resgatados, foram levados para o porto grego de Skala Sikaminea, onde desembarcaram em segurança e ajudados por elementos da guarda-costeira da Grécia e da agência Frontex, que fazem o controlo de refugiados e migrantes.

Uma equipa da Polícia Marítima, composta por 13 elementos, está no Mar Egeu, na Grécia, desde 1 de outubro do ano passado, no âmbito de uma operação da Agência Europeia da Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex).

A operação, denominada "Poseidon Sea 2015", tem "o objetivo de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço".

Segundo a AMN, a patrulha portuguesa resgatou, até ao momento, 3.308 refugiados e migrantes, 845 bebés e crianças e 716 mulheres, e deteve cinco facilitadores.

A PM vai manter o seu apoio à guarda-costeira Grega até 30 de setembro de 2016.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".