sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Presidente checo opõe-se a "qualquer acolhimento de migrantes"

Reuters

​O Presidente checo, Milos Zeman, opõe-se ao projeto do Governo de acolher, até 2017, cerca de 2.700 refugiados que atualmente se encontram em países mediterrânicos por temer ataques terroristas, anunciou o seu porta-voz.

"O Presidente opõe-se a qualquer acolhimento de migrantes em território checo. O nosso país não pode permitir-se correr o risco de ataques terroristas como aqueles que foram perpetrados em França e na Alemanha", afirmou Jiri Ovcacek.

"Dito de outra forma, ao acolher migrantes, criaríamos um ambiente propício a ataques terroristas no território da República Checa", prosseguiu Ovcacek, em conferência de imprensa transmitida em direto pela televisão pública CT 24.

A República checa deveria receber, no total, 2.691 refugiados até 2017, segundo o Governo tripartido de centro-esquerda do primeiro-ministro social-democrata, Bohuslav Sobotka.

Numa primeira fase, o executivo comprometeu-se voluntariamente a acolher 1.100 refugiados provenientes de Itália e da Grécia, no âmbito do programa de relocalização. Esse número foi posteriormente revisto em alta, passando para 2.691 pessoas.

O afluxo de migrantes à Europa é "absolutamente incontrolável e descontrolado", afirmou Ovcacek, em resposta à pergunta de uma jornalista sobre se o Presidente estava disposto a receber aqueles refugiados que fugiram à guerra e já se encontram na Europa.

"É preciso admitir, e vemo-lo também na Alemanha, que não somos capazes de distinguir entre os migrantes económicos e os refugiados [que fogem de uma situação] de guerra", disse o porta-voz.

Conhecido pela sua hostilidade à imigração, Milos Zeman tinha já criticado no domingo a política da mão estendida aos refugiados preconizada pela chanceler alemã, Angela Merkel, chegando mesmo a classificá-la como "destituída de sentido".

"Penso que a chanceler deveria mudar de opinião. Deveria reconhecer que a 'Wilkommenskultur' ('cultura de boas-vindas') se revelou destituída de sentido e que a Alemanha não é capaz de absorver uma tal quantidade de refugiados, sobretudo havendo 'jihadistas' entre eles", disse o chefe de Estado checo.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.