sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgatou 16 migrantes ao largo da costa grega

A Polícia Marítima (PM) resgatou na terça-feira à noite, no mar Egeu, 16 migrantes que se dirigiam numa lancha "pequena e frágil" para a Grécia, adiantou esta força policial, em comunicado.

Depois de ter recebido a informação de que a embarcação se dirigia para a costa grega, a equipa da Polícia Marítima - que se encontra em missão de patrulhamento de fronteiras na ilha grega de Lesbos desde 01 de outubro de 2015 -- "decidiu resgatar todas as pessoas": seis mulheres e 10 homens, "oriundos do Afeganistão, Camarões, Congo e Síria" e a quem foram distribuídas, durante o trajeto no barco da PM, águas, mantas e bolachas.

De acordo com a PM, as 16 pessoas, que seguiam numa lancha de fibra "pequena e frágil", estavam "muito assustadas e nervosas".

A lancha foi rebocada, com todos os pertences dos migrantes a bordo, pela embarcação de uma Organização Não Governamental (ONG) presente no local.

"À chegada ao porto de Skala Sikaminea, onde todos desembarcaram em segurança, já se encontravam elementos da guarda-costeira grega, da agência FRONTEX e de ONG, que ajudaram no desembarque e no controlo de refugiados e emigrantes", refere o comunicado da PM.

A equipa da Polícia Marítima, composta por 11 agentes e dois técnicos, está na Grécia até 30 de setembro integrada na missão da agência europeia FRONTEX, de controlo e vigilância de fronteiras, com o objetivo de combater o crime transfronteiriço.

"A PM já resgatou em segurança, e transportou para terra, 3371 refugiados e emigrantes que corriam risco de vida, dos quais 851 bebés e crianças e 732 mulheres, e deteve cinco facilitadores", de acordo com o balanço mais recente da polícia portuguesa.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49