sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgatou 16 migrantes ao largo da costa grega

A Polícia Marítima (PM) resgatou na terça-feira à noite, no mar Egeu, 16 migrantes que se dirigiam numa lancha "pequena e frágil" para a Grécia, adiantou esta força policial, em comunicado.

Depois de ter recebido a informação de que a embarcação se dirigia para a costa grega, a equipa da Polícia Marítima - que se encontra em missão de patrulhamento de fronteiras na ilha grega de Lesbos desde 01 de outubro de 2015 -- "decidiu resgatar todas as pessoas": seis mulheres e 10 homens, "oriundos do Afeganistão, Camarões, Congo e Síria" e a quem foram distribuídas, durante o trajeto no barco da PM, águas, mantas e bolachas.

De acordo com a PM, as 16 pessoas, que seguiam numa lancha de fibra "pequena e frágil", estavam "muito assustadas e nervosas".

A lancha foi rebocada, com todos os pertences dos migrantes a bordo, pela embarcação de uma Organização Não Governamental (ONG) presente no local.

"À chegada ao porto de Skala Sikaminea, onde todos desembarcaram em segurança, já se encontravam elementos da guarda-costeira grega, da agência FRONTEX e de ONG, que ajudaram no desembarque e no controlo de refugiados e emigrantes", refere o comunicado da PM.

A equipa da Polícia Marítima, composta por 11 agentes e dois técnicos, está na Grécia até 30 de setembro integrada na missão da agência europeia FRONTEX, de controlo e vigilância de fronteiras, com o objetivo de combater o crime transfronteiriço.

"A PM já resgatou em segurança, e transportou para terra, 3371 refugiados e emigrantes que corriam risco de vida, dos quais 851 bebés e crianças e 732 mulheres, e deteve cinco facilitadores", de acordo com o balanço mais recente da polícia portuguesa.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.