sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Cerca de 2.300 migrantes socorridos no Mediterrâneo ao largo da Líbia

Cerca de 2.300 migrantes a bordo de 18 embarcações foram este sábado socorridos no decurso da rota em direção a Itália, anunciou a guarda costeira italiana, que coordena as operações nesta zona do Mediterrâneo.

Um navio espanhol envolvido na operação naval europeia Sophia, que tenta impedir o tráfico de pessoas e reprimir os traficantes, um navio militar irlandês e diversas embarcações humanitárias participaram nas operações de socorro iniciadas no início da manhã.

Os migrantes, em que se incluíam mulheres e três crianças, partiram a bordo de 17 barcos pneumáticos e de uma embarcação de pesca.

A partida dos migrantes das costas da Líbia está a ser efetuada de forma crescente por vagas, com uma sucessão de dias calmos e numerosas saídas, em geral determinadas pelas condições do mar e a direção do vento.

No final de agosto, a Itália registou a entrada de 14.000 pessoas em menos de uma semana, na sua maioria originários da África subsaariana.

Recentes estatísticas do Ministério do Interior italiano indicam que o país viu chegar às suas costas 124.500 pessoas desde o início de 2016, num total comparável aos 122.000 registados no mesmo período de 2015.

O crescente afluxo de refugiados, a par dos esforços de identificação e do encerramento das fronteiras a norte, forçou a Itália a alargar a sua rede de estruturas de acolhimento, com 60.000 pessoas albergadas no final de 2014, 103.000 no final de 2015 e 155.000 atualmente.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05