sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Boris Johnson defende que barcos com migrantes sejam enviados de volta à Líbia

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, defendeu esta quinta-feira que as embarcações com migrantes que chegam a Itália sejam enviadas de volta à Líbia, como medida "dissuasora" para afastar daquele país o problema da imigração.

"No Reino Unido, estamos determinados a ajudar a Itália. Reconhecemos que é um problema europeu", declarou Johnson numa conferência de imprensa conjunta com o homólogo italiano, Paolo Gentiloni, em Florença.

O MNE conservador britânico vincou que os navios britânicos HMS Diamond e HMS Enterprise fazem parte da força militar especial da União Europeia sediada em Roma e batizada como 'Operação Sophia', lançada em 2015 com o objetivo de neutralizar os circuitos de tráfico de refugiados no Mediterrâneo.

Johnson disse que a Operação Sophia foi concebida "para ajudar a enviar para trás alguns desses barcos".

"E, pessoalmente, penso que eles deveriam ser obrigados a voltar para trás o mais próximo da costa possível, para que não alcancem o território italiano e isso tenha um efeito mais dissuasor para outros barcos que se dirijam para Itália a partir do norte de África", sustentou.

"Creio estar certo ao dizer que enviámos de volta 200.000 migrantes -- perdão, salvámos -- salvámos 200.000 migrantes, por isso, penso realmente que é a abordagem correta", insistiu Boris Johnson, sem especificar a que migrantes se referia.

O HMS Enterprise participou hoje numa operação de salvamento de 750 migrantes ao largo da Líbia, indicou a guarda costeira italiana.

A Itália ocupa a linha da frente nas aspirações dos migrantes que buscam uma vida melhor na Europa, tendo desde 2014 chegado à sua costa 450.000 pessoas.

De acordo com o ministério do Interior italiano, quase 128.400 migrantes chegaram via Mediterrâneo desde o início deste ano -- um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Muitos embarcam em embarcações precárias, improvisadas e sobrelotadas na esperança de alcançar a ilha italiana de Lampedusa, situada a cerca de 300 quilómetros de distância.

O enviado da ONU, Martin Kobler, disse numa entrevista hoje publicada que cerca de 235.000 pessoas estão dispostas a fazer a perigosa travessia entre a Líbia e Itália.

"Temos nas nossas listas 235.000 migrantes que só estão à espera de uma oportunidade para partirem em direção a Itália, e fá-lo-ão mesmo", assegurou Kobler ao diário italiano La Stampa.

Os navios da 'Operação Sophia' só podem abordar as embarcações dos traficantes de seres humanos se elas entrarem em águas internacionais, o que nunca fazem, e muitas vezes limitam-se a proceder a operações de resgate de migrantes que estão a tentar chegar à costa italiana.

A força especial da UE não pode entrar em águas territoriais da Líbia sem um pedido formal ao Governo de unidade nacional, apoiado pela ONU, que está a tentar ampliar a sua vacilante autoridade de Tripoli ao resto do país.

O MNE italiano reiterou que a crise dos migrantes é um problema para a Europa no seu todo, e não só para Itália, e será debatido na cimeira europeia de sexta-feira em Bratislava.

Lusa

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Casos de cancro nos pulmões diminuem
    3:08

    País

    O mapa do cancro em Portugal está a mudar, pela primeira vez os casos de cancro do cólon ultrapassaram os do pulmão. A proibição de fumar em locais públicos tem levado à diminuição dos casos de tumores pulmonares.

  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28