sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Quatro detidos no Egito por suspeita de tráfico humano

© Reuter

Quatro homens foram detidos esta quinta-feira no Egito por suspeita de tráfico de seres humanos na sequência do naufrágio de uma embarcação com migrantes no Mediterrâneo que causou pelo menos 42 mortos, disseram responsáveis da justiça e segurança.

Os quatro egípcios faziam parte dos 163 resgatados e foram acusados de "tráfico de seres humanos" e de "homicídio involuntário", informou um procurador.

O naufrágio ocorreu na quarta-feira a cerca de 12 quilómetros da costa da cidade egípcia de Rosetta, meses depois da agência de fronteiras da União Europeia, Frontex, ter alertado para o número crescente de migrantes que estavam a escolher o Egito como ponto de partida da viagem marítima para alcançar a Europa.

Os traficantes muitas vezes sobrecarregam as embarcações, algumas com poucas condições de navegabilidade, para conseguirem o máximo de dinheiro dos desesperados migrantes.

Mais de 10.000 pessoas morreram ao tentarem atravessar o Mediterrâneo para alcançarem a Europa desde 2014, segundo as Nações Unidas.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.