sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Número de mortos em naufrágio na costa do Egito sobe para 202

Novos corpos foram esta terça-feira recuperados ao largo do Egito, elevando para pelo menos 202 mortos o balanço do naufrágio de uma embarcação de pesca ocorrido na semana passada e que transportava centenas de migrantes, divulgaram as autoridades egípcias.

A embarcação virou-se na quarta-feira passada no Mediterrâneo, a cerca de 12 quilómetros ao largo da cidade portuária de Rosetta, e transportava pelo menos 450 migrantes, segundo os testemunhos de vários sobreviventes.

"O número de mortos no naufrágio de uma embarcação com migrantes ao largo de Rosetta subiu para 202", anunciou o Ministério da Saúde egípcio num comunicado, precisando que "33 corpos foram recuperados" durante o dia de hoje.

O anterior balanço do naufrágio dava conta de mais de 160 mortos.

"A embarcação está a ser transportada para terra", indicou, em declarações à agência francesa noticiosa AFP, Wahdan al-Sayyed, um porta-voz da província de Beheira, onde está localizada a cidade portuária.

O mesmo porta-voz tinha anunciado anteriormente que os destroços da embarcação tinham sido colocados novamente a flutuar e que as equipas de resgate tinham conseguido ter acesso à câmara frigorífica da embarcação de pesca, onde viajavam mais de 100 pessoas, de acordo com os testemunhos de sobreviventes.

Pelo menos 163 pessoas foram resgatadas pelas equipas de socorro.

A maioria dos sobreviventes são oriundos do Egito, mas também existem pessoas do Sudão, Eritreia, Síria e da Etiópia, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Este naufrágio surge meses após responsáveis da agência de gestão de fronteiras da União Europeia (Frontex) ter alertado para o crescente número de migrantes que tentam alcançar a Europa a partir do Egito, um novo ponto de partida para a perigosa travessia e que surge na sequência do encerramento da rota dos Balcãs e do acordo União Europeia (UE) /Turquia sobre migrações e refugiados.

As embarcações disponibilizadas pelos traficantes estão muitas vezes em mau estado e sobrelotadas com passageiros que pagaram a viagem.

Segundo o Alto-Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), as partidas de embarcações do Egito representam cerca de 10% das chegadas à Europa.

A agência da ONU informou na sexta-feira que mais de 4.600 pessoas não egípcias, grande parte oriunda do Sudão e da Etiópia, foram detidas este ano quando tentavam viajar por mar a partir da costa norte do Egito.

"Perto de 302.149 migrantes e refugiados entraram na Europa por mar durante o ano corrente", indicou hoje a OIM num comunicado, precisando que estas chegadas são feitas principalmente via Grécia e Itália.

Cerca de 3.500 pessoas estão dadas como desaparecidas ou perderam a vida quando tentavam atravessar o Mediterrâneo em direção à Europa, de acordo com a ONU.

Lusa

  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • "O dia a dia na Síria também é lutar por um pão"
    10:13

    Mundo

    Desde domingo que os bombardeamentos do regime sírio a Ghouta já fizeram mais de 400 mortos. Ghouta é o último reduto rebelde nos arredores da capital da síria, onde as forças fiéis a Bashar Al Assad iniciaram no domingo uma intervenção militar de larga escala. Cândida Pinto, editora de Internacional da SIC, e a psicóloga Maria Palha, que já esteve na Síria ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras, estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Proposta de um cessar-fogo na Síria sem acordo

    Mundo

    O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas afirmou esta quinta-feira que os 15 membros do Conselho de Segurança não alcançaram um acordo para aprovar um cessar-fogo de 30 dias na Síria, proposta negociada há mais de duas semanas.