sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Confrontos em Calais causam vários feridos

Várias pessoas ficaram este sábado feridas, em Calais, norte de França, durante confrontos entre polícia e participantes de uma manifestação em defesa dos migrantes que vivem num campo que o Governo francês pretende destruir.

Três dos feridos são polícias e um é fotógrafo da AFP, indicou a autarquia local e a agência noticiosa francesa.

Um responsável do sindicato da polícia SGP Police-FO, Gilles Debove, apontou, por sua vez, dez feridos, um deles hospitalizado, e sete viaturas das forças de ordem danificadas.

Os confrontos, que duraram três horas, ocorreram depois de o município de Pas-de-Calais ter proibido, na quinta-feira, a manifestação de apoio aos migrantes, organizada pela Coligação Internacional dos Sem-Papéis e dos Migrantes.

Mais de uma centena de pessoas, incluindo migrantes e militantes de ultraesquerda de Paris, tentaram passar a barreira policial, numa das duas principais entradas do campo de migrantes de Calais, para formar um cortejo.

O Governo francês tenciona desmantelar, até ao fim de 2016, o campo de Calais, onde vivem entre 7.000 a 10.000 migrantes que querem ir para o Reino Unido.

Lusa

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17