sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Hungria desafia UE e referenda quotas para refugiados

A Hungria realiza hoje um referendo sobre o sistema europeu de recolocação de refugiados, com o Governo do populista de Viktor Órban ativamente envolvido numa campanha de desafio à União Europeia e repúdio aos refugiados.

Segundo as sondagens, a maioria dos 8,3 milhões de eleitores deve responder "não" à pergunta "A Europa deve ditar a instalação obrigatória de cidadãos não-húngaros na Hungria mesmo sem acordo da Assembleia Nacional?".

Para que o resultado seja válido, a taxa de participação tem de atingir os 50% mais um, o que não parece assegurado, com apenas 42% de eleitores a dizerem-se certos de que irão votar.

A campanha do Governo, considerada "tóxica" pela Amnistia Internacional, assentou em mensagens alertando para "o perigo" que representam "milhões de refugiados" desejosos de ir para a Hungria e associando diretamente refugiados e terrorismo islâmico.

A oposição socialista pediu um boicote, argumentando que "uma pergunta estúpida" só pode ter "uma resposta estúpida", e a formação de protesto satírica "Partido do Cão com Duas Caudas" pediu aos eleitores para votarem "sim", mas também "não", e fazerem "um desenho bonito" no boletim, invalidando o voto.

Lusa

  • A derrota que envergonhou a Argentina e apurou a Croácia

    Mundial 2018 / Argentina

    A Croácia garantiu esta quinta-feira a passagem aos oitavos de final do Mundial 2018. A seleção croata bateu a Argentina por 3-0 e deixou os sul-americanos com as contas do apuramento muito complicadas. Veja aqui os golos e os principais lances do encontro.

  • A "saída limpa" da Grécia ao fim de oito anos de resgates
    0:54
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22
  • Melania quer famílias reunidas "o mais rápido possível"
    0:35

    Mundo

    A primeira dama dos Estados Unidos fez uma visita surpresa a um centro de detenção de crianças, na fronteira com o México. As imagens mostram a mulher de Donald Trump reunida com responsáveis, não se sabendo para já se Melania teve ou não contacto direto com algumas das crianças detidas.