sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Ação judicial de ONG tenta travar desmantelamento de acampamento de Calais

Um grupo de onze Organizações Não Governamentais (ONG) anunciaram hoje uma ação judicial para travar o desmantelamento do acampamento de Calais, em França, onde estão instalados milhares de imigrantes.

As ONG, entre as quais está a Secours Catholique (a Caritas França), anunciaram que entregaram um pedido nesse sentido ao Tribunal Administrativo de Lille, que tem 48 horas para se pronunciar.

O objetivo, segundo o documento que entregaram no tribunal, é "obter sem mais demoras diferentes medidas de proteção" para as pessoas instaladas naquele acampamento em Calais, perto do porto de onde saem os ferries que ligam França ao Reino Unido.

As organizações querem que seja avaliada a situação e que as pessoas em situação mais vulnerável tenham um tratamento diferenciado.

O Governo francês quer realojar o grosso daquelas pessoas em centros de acolhimento espalhados pelo país e que o Reino Unido aceite a entrada de todos os que têm ligações familiares em território britânico, em especial os menores.

Segundo o último balanço das autoridades francesas, há entre 5.684 e 6.486 imigrantes no acampamento de Calais, um pouco menos do que os 6.901 identificados em meados de agosto.

A maioria destas pessoas é de países pobres ou em conflito, como Afeganistão, Eritreia ou Somália, e o seu objetivo é conseguir atravessar o Canal da Mancha e entrar no Reino Unido.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.