sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Detido egípcio por naufrágio no Mediterrâneo que causou 203 mortos

© Handout . / Reuters

As forças de segurança egípcias detiveram esta quarta-feira um homem presumivelmente envolvido no naufrágio, em setembro, de uma embarcação de migrantes no Mediterrâneo, que causou 203 mortos, e que era procurado pela justiça italiana.

O detido na província de Al-Behira (norte do Egito) é um agricultor, acusado em Itália de tráfico de seres humanos, informou a agência oficial MENA.

A embarcação partiu a 21 de setembro da costa egípcia entre as localidades de Rashid e Baltim e transportava sobretudo egípcios, mas também sudaneses, eritreus, somalis, etíopes e sírios. Foram resgatados 164 migrantes e outros 203 morreram no naufrágio.

Trinta pessoas foram detidas desde a altura do desastre, entre os quais os donos da embarcação, os tripulantes e intermediários dedicados à imigração ilegal.

O número de migrantes que tenta sair do Egito em direção às costas europeias aumentou nos últimos meses.

Até julho de 2016, o Egito foi o segundo país com maior número de saída de embarcações à seguir à Líbia, segundo a Organização Internacional para as Migrações.

Lusa

  • Voluntários portugueses rumam ao México com cães de salvamento
    1:59

    Mundo

    Nuno Vieira e Marco Saraiva são voluntários de Braga. Com os seus dois cães, "Koi" e "Yuki", formam uma equipa de resgate e partem esta noite para o México, para ajudar na busca e salvamento de vítimas do terramoto que abalou o país esta terça-feira. A equipa portuguesa faz parte de uma ONG espanhola.

  • Furacão Maria deixa rasto de destruição em Porto Rico
    1:16
  • Sabe onde fica a Nambia? Algures em África, segundo Trump

    Mundo

    "O sistema de saúde na Nambia é incrivelmente autossuficiente", declarou o Presidente dos Estados Unidos num discurso proferido num almoço com líderes africanos. No encontro, realizado esta quarta-feira à margem da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, Donald Trump repetiu o erro. Os utilizadores das redes sociais não perdoaram mais este "lapso" do chefe de Estado norte-americano.

  • DGS garante que não há perigo de dengue
    2:09
  • Episódio da Abelha Maia censurado por queixas de obscenidade

    Cultura

    A plataforma digital Netflix viu-se obrigada a retirar um episódio da Abelha Maia depois das queixas de pais norte-americanos por causa de um "desenho obsceno", em forma de pénis. Aparentemente, terá sido só removido para quem acede nos EUA dado que, ao que a SIC pôde constatar, a partir de Portugal o episódio 35 está disponível.

  • Yoko Ono obriga limonada "John Lemon" a mudar de nome

    Cultura

    A viúva do Beatle John Lennon ameaçou processar uma empresa de bebidas polaca por causa da limonada "John Lemon". Yoko Ono não terá gostado do trocadilho entre Lennon e Lemon (limão, em inglês) e quer ver toda e qualquer garrafa com este rótulo retirada do mercado.

  • Restaurante em prisão na Colômbia serve comida confecionada por detidas
    1:04