sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal recebeu até junho 1.374 refugiados da Grécia e Itália

© Hugo Correia / Reuters

Portugal recebeu até agora 1.374 refugiados recolocados da Grécia e de Itália, segundo o mais recente relatório da Comissão Europeia, datado de 09 junho.

Das 1.374 pessoas, 299 foram recolocadas de Itália e 1.075 da Grécia.
No total, Portugal comprometeu-se a aceitar 2.951 pessoas instaladas na Grécia e Itália e elegíveis para concessão de asilo.
Segundo dados de Bruxelas, o ritmo da recolocação quintuplicou desde janeiro, com quase 10.300 pessoas recolocadas na UE, face ao mesmo período de 2016.
Desde que começou o processo de recolocação e até 09 de junho, o número total de recolocações elevava-se a 20.869 pessoas (13.973 a partir da Grécia, 6.896 da Itália).
A Comissão Europeia estima ser possível transferir todas as pessoas elegíveis - atualmente cerca de 11.000 pessoas registadas na Grécia e 2.000 em Itália, com chegadas em 2016 e 2017 ainda por registar - até setembro.
As obrigações dos Estados-membros, conforme as decisões do Conselho, aplicam-se, no entanto, a todas as pessoas que chegarem à Grécia ou a Itália até 26 de setembro de 2017 e os requerentes elegíveis deverão ser recolocados dentro de um prazo razoável após essa data.
No que respeita à reinstalação, Portugal recebeu 12 pessoas que estavam em campos de refugiados fora da UE.
Bruxelas salienta que quase três quartos (16.419) das 22.504 reinstalações totais acordadas em junho de 2015 já estão realizadas.
O mecanismo de reinstalação ao abrigo da Declaração UE-Turquia atingiu um novo recorde em maio de 2017, com quase 1.000 refugiados sírios a disporem de vias seguras e legais para entrar na Europa.
O número total de reinstalações provenientes da Turquia efetuadas ao abrigo da Declaração ascende agora a 6.254 pessoas.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.