Crise no Sporting

Mais de 80% pedem demissão de Bruno de Carvalho

MIGUEL A. LOPES

Mais de 80% dos utilizadores do site da SIC Notícias querem a demissão de Bruno de Carvalho. Foram estes os resultados do inquérito que lançámos esta terça-feira aos nossos leitores.

Num universo de 5.071 votantes, 84,4% consideram que Bruno de Carvalho devia demitir-se da presidência do Sporting:

A votação esteve disponível nas últimas 24 horas e foi criada horas depois do violento ataque de que jogadores e equipa técnica do Sporting foram alvo na Academia de Alcochete.

  • "Ouvi Bruno de Carvalho dizer que jogo na Madeira era muito importante, não percebo porque é que ele não esteve lá com a equipa então"
    1:49

    Crise no Sporting

    Carlos César, que integrou a comissão de honra de Bruno de Carvalho, falou esta terça-feira, na SIC Notícias, em crispação antidesportiva e diz que o futebol em Portugal se tornou um duelo de inimigos. César considera ainda fundamental que se realize a final da Taça de Portugal. Já Pedro Santana Lopes, que já foi antigo presidente do Sporting, questionou a não comparência de Bruno de Carvalho no jogo na Madeira, com o Marítimo.

  • "Temos que nos habituar que o crime faz parte do dia a dia"
    2:46

    Crise no Sporting

    Foi assim que o presidente do Sporting reagiu à invasão e às agressões na academia de Alcochete. Bruno de Carvalho aponta ainda o dedo à inércia das entidades que tutelam o desporto e garante que os leões vão estar no Jamor. Já o Governo convocou uma conferência de imprensa para repudiar de forma "veemente os atos de violência, vandalismo criminosos".

  • Diretor do futebol do Sporting detido

    Desporto

    O diretor do departamento de futebol do Sporting, André Geraldes, e outras três pessoas foram hoje detidas, disse fonte judicial à SIC. Estão indiciados de crimes de corrupção no desporto. As suspeitas vão já além do andebol e incluem mesmo o futebol.

  • Quem é André Geraldes no Sporting?
    1:21

    Desporto

    André Geraldes, team manager do Sporting, é o braço direito do presidente Bruno de Carvalho, na gestão do clube. Começou por ser oficial de ligação aos adeptos. Depois, o estatuto foi de coordenador do Gabinete de Apoio ao Atleta. Por decisão de Bruno de Carvalho, após a saída de Augusto Inácio, foi promovido a team manager. Quer isto dizer que é responsável pela condução de negociações para a contratação de jogadores, acompanhando a evolução do mercado de transferências. André Geraldes está entre os quatro detidos no âmbito das suspeitas de atos de corrupção no clube.

  • "Bruno de Carvalho tem feito de conta que é pela verdade"
    6:11

    Opinião

    Rui Santos louva a disponibilidade dos jogadores do Sporting para jogarem a final da Taça de Portugal após o episódio de agressões desta terça-feira em Alcochete. O comentador critica o presidente do clube e o Governo, "que tem de acabar com a ideia de paninhos quentes" e "instaurar a tolerância zero".

  • Ferro Rodrigues defende que agressões em Alcochete não são apenas um caso de polícia
    2:23

    Crise no Sporting

    O presidente da Assembleia da República defende que a final da Taça de Portugal poderia ser feita à porta fechada, como forma de punição ao que aconteceu na Academia do Sporting. No Parlamento, Eduardo Ferro Rodrigues reagiu ainda às declarações de Bruno de Carvalho. O Presidente da Assembleia da República considera que a situação desta terça-feira não é apenas um caso de polícia.

  • "Bebemos a água que escorria das rochas"

    Mundo

    Os 12 rapazes e o treinador que ficaram presos numa gruta na Tailândia durante 18 dias revelaram hoje alguns pormenores de como sobreviveram, na primeira conferência de imprensa.

  • Ora Eça!

    Opinião

    Eça, o meu conterrâneo que se definia como sendo "apenas um pobre homem da Póvoa de Varzim" não haveria de gostar de nada que fosse obrigatório. Durante décadas, Os Maias lá estiveram, quem sabe numa progressista lista pós-revolução, dada a natureza "sexual e incestuosa" da obra. Sai dessa lista agora. Claro que sai. "Ninguém" gostava de "ter de" ler Os Maias.

    Pedro Cruz

  • "Os Maias" deixam de ser leitura obrigatória no secundário

    País

    Obras como "Os Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", de Eça de Queirós, vão deixar de ser de leitura obrigatória no ensino secundário a partir do próximo ano letivo. Os alunos deixam de ter indicação de uma obra específica para ler, passando o professor a escolher livremente uma obra de cada autor. O objetivo é fazer face aos programas extensos.

  • Marcelo assinala "passos importantes" na Cimeira da CPLP
    2:16