Crise no Sporting

Sporting só deve voltar a treinar 6.ª feira no Jamor

GREG\303\223RIO CUNHA

A equipa de futebol do Sporting só deve treinar na sexta-feira, já no estádio nacional, tendo em vista a preparação da final da Taça de Portugal, depois dos episódios de violência desta terça-feira na Academia do clube em Alcochete, onde um grupo de alegados adeptos agrediu jogadores e equipa técnica dos leões.

O treino no Jamor, agendado para as 10:00 e com 15 minutos abertos à comunicação social, é o único agendado, uma vez que o clube de Alvalade não divulgou qualquer agendamento de treinos para hoje e para quinta-feira.

O Desportivo das Aves, o adversário dos 'leões' na final da Taça, agendada para as 17:15 de domingo, treinará também no Jamor, às 11:00 de sexta-feira.

Durante a tarde de terça-feira, cerca de meia centena de indivíduos, de cara tapada, alegadamente adeptos 'leoninos', invadiram a

Academia de Alcochete e, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal, agredindo vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic e outros membros da equipa técnica.

O Governo repudiou os incidentes na Academia do Sporting, em Alcochete, que considerou atos de vandalismo e criminosos.

Numa declaração conjunta da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, e o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, o Governo confirmou a detenção de 21 presumivelmente envolvidos.

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Desportivo das Aves.

  • Diretor do futebol do Sporting detido

    Desporto

    O diretor do departamento de futebol do Sporting, André Geraldes, e outras três pessoas foram hoje detidas, disse fonte judicial à SIC. Estão indiciados de crimes de corrupção no desporto. As suspeitas vão já além do andebol e incluem mesmo o futebol.

  • Suspeitas de corrupção no Sporting podem ir além do andebol

    Desporto

    A Polícia Judiciária está a efetuar buscas em Alvalade e noutros locais relacionados com o Sporting Clube de Portugal, devido às suspeitas de corrupção no andebol que podem agora estender-se a outras modalidades. Ao que a SIC conseguiu apurar, o futebol profissional do Sporting também poderá estar envolvido neste alegado esquema que passaria pela compra de árbitros e pagamentos a jogadores na época passada e, sobretudo, na região norte do país pelo que a operação está a ser liderada pela Polícia Judiciária e pelo Ministério Público do Porto.

  • "Temos que nos habituar que o crime faz parte do dia a dia"
    2:46

    Crise no Sporting

    Foi assim que o presidente do Sporting reagiu à invasão e às agressões na academia de Alcochete. Bruno de Carvalho aponta ainda o dedo à inércia das entidades que tutelam o desporto e garante que os leões vão estar no Jamor. Já o Governo convocou uma conferência de imprensa para repudiar de forma "veemente os atos de violência, vandalismo criminosos".