sicnot

Perfil

David Bowie 1947-2016

David Bowie 1947-2016

David Bowie 1947-2016

Alemanha agradece a Bowie por ter "ajudado a derrubar" o Muro de Berlim

O Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão agradeceu hoje a David Bowie, que morreu no domingo, por ter "ajudado a derrubar" o Muro de Berlim em 1989 com a música "Heroes", que se transformou num hino anti Guerra Fria.

David Bowie em concerto em 1987, no Estádio de Wembley em Londres.

David Bowie em concerto em 1987, no Estádio de Wembley em Londres.

David Bowie em concerto em 1987, em Londres

David Bowie em concerto em 1987, em Londres

AP

"Adeus David Bowie. Está agora entre os #Heroes. Obrigado por ajudares a derrubar o Muro", lê-se numa mensagem na conta do Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão na rede social Twitter, com uma ligação para o vídeo da música.

Bowie escreveu "Heroes" quando, nos anos 1970, viveu por três anos na Berlim dividida do pós-guerra.

Enquanto gravava nos estúdios Hansa, em Berlim ocidental, perto da fronteira onde militares da Alemanha de Leste tinham ordens para matar, observou um casal a beijar-se, cena que retratou na letra da música como um apelo para que o amor se sobrepusesse às divisões.

"Consigo lembrar-me/De pé junto ao muro/As armas a dispararem sobre as nossas cabeças/E nós beijámo-nos/Como se nada pudesse cair" ("I can remeber/Syanding by the wall/And the guns shot above our heads/And we kissed, as though nothing could fall").

Anos mais tarde, em 1987, Bowie interpretou a canção num concerto no Reichstag (parlamento alemão), perto do Muro, que levou centenas de jovens da Alemanha de Leste a juntar-se na fronteira para ouvir a música.

David Bowie começou o concerto afirmando ao microfone, em alemão, "Cumprimentos a todos os nossos amigos que estão do outro lado do muro", cantando em seguida "Heroes". Do outro lado do muro, segundo relatos, centenas aplaudiram a música aos gritos de "O muro tem de cair!".

"Não podia ter composto a música que compus se não tivesse ficado completamente cativado por Berlim, pelas suas estruturas especiais e as suas tensões, o Muro e o seu impacto na cidade", disse Bowie numa entrevista ao diário Tagespiegel em 2002.

Nas comemorações do 25.º aniversário da queda do Muro, em novembro de 2014, o músico britânico Peter Gabriel foi convidado a cantar uma versão reduzida de "Heroes", com bandas de rock da Alemanha Ocidental e Oriental e com antigos dissidentes em palco.

David Bowie morreu de cancro no domingo, aos 69 anos, dois dias depois da edição do seu 25.º álbum, "Blackstar".

Lusa

  • Bowie, um dos músicos mais influentes de sempre
    7:29

    David Bowie 1947-2016

    O músico britânico morreu este domingo depois de 18 meses a lutar contra o cancro. "Blackstar", o 25º álbum da carreira, foi lançado na sexta-feira, dia em que o músico completou 69 anos. Miguel Cadete, diretor da revista Blitz, analisou na SIC Notícias a carreira de David Bowie, realçando a versatilidade do artista e a capacidade criativa que o marcou até ao fim, com o lançamento de um último trabalho nas vésperas da sua morte.

  • Momentos da carreira do camaleónico Bowie
    2:43

    David Bowie 1947-2016

    Ziggy Stardust, Heroes e Let's Dance são apenas alguns dos temas incontornáveis da brilhante carreira de David Bowie. Referência mundial na história da música, o cantor britânico será sempre lembrado pela sua enorme criatividade e versatilidade, que lhe valeram o cognome de camaleão. Bowie morreu este domingo, aos 69 anos, após uma batalha de 18 meses contra o cancro.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.